Descubra quais problemas podem afetar o Wi-Fi corporativo

Mostramos aqui o que pode prejudicar o seu Wi-Fi corporativo e quais atitudes tomar para garantir total aproveitamento do sinal.

01/07/2019 às 9:00

Diversas questões podem afetar a qualidade da rede de Wi-Fi corporativo. Por isso, é importante detectá-las para conseguir corrigir os problemas e garantir o total aproveitamento do serviço. Neste artigo, você verá quais são os principais vilões e o que deve ser feito para evitar interrupções no sinal.

A rede sem fio, mundialmente conhecida como Wi-Fi, garante mobilidade nas empresas, o que a torna essencial em qualquer negócio. Ou seja, os colaboradores podem usar notebooks, conectar seus dispositivos móveis e fazer reuniões em qualquer local. Em espaços abertos ao público, ainda é possível oferecer uma rede para os clientes, o que contribui positivamente para a imagem da empresa.

Mãos segurando um celular.
Diferentes problemas podem prejudicar o sinal de Wi-Fi corporativo.

A questão é que o sinal de Wi-Fi chega por meio de ondas eletromagnéticas que são captadas e decodificadas pelo roteador. E como tudo acontece sem fio ou qualquer outro tipo de ligação, algumas questões podem dificultar essa comunicação.

Por isso, é fundamental identificar quais são esses riscos e o que pode ser feito para corrigi-los. Assim, você aproveita 100% a capacidade da internet contratada. A seguir, inclusive, mostramos quais são os principais “vilões” das conexões sem fio e o que deve ser feito para evitá-los.

6 – Obstáculos para o Wi-Fi corporativo

O sinal do Wi-Fi corporativo facilmente será reduzido se precisar ultrapassar muitos obstáculos, como paredes, prateleiras e outros possíveis elementos bloqueadores. Por isso, é essencial escolher o melhor posicionamento para os roteadores. Evite colocá-los em corredores, locais muito fechados ou próximos do chão.

Saiba como escolher o melhor roteador para a sua empresa

Quanto mais aberto e no alto for a localização, melhor. Assim, as ondas conseguem circular livremente.

5 – Outros aparelhos

Colocar o roteador perto de outros aparelhos eletrônicos pode prejudicar a distribuição do sinal. Isso vale para micro-ondas, telefones, televisores e outros dispositivos que funcionem, sobretudo, sem fio. Por isso, posicione tais equipamentos distantes uns dos outros.

celular sendo exibido.
Evite colocar o roteador perto de outros aparelhos eletrônicos.

Afinal, as ondas circulam pelo mesmo espaço e podem comprometer o caminho do sinal de Wi-Fi corporativo.

4 – Vírus e Malwares

O problema aqui não está na rede Wi-Fi, mas sim no dispositivo usado para acessá-la. Caso o computador ou o celular estejam infectados por vírus ou malwares, por exemplo, o desempenho de navegação cai. E você pode achar que a culpa é da conexão. Tudo isso porque o aparelho tende a ficar mais lento e demorar para atender os seus comandos.

Por isso, é importante deixar os sistemas de proteção em dia e orientar os colaboradores e fazerem o mesmo com os seus telefones.

3 – Falta de atualização dos aparelhos

É importante atualizar os roteadores com certa frequência. É como se fosse uma atualização de um celular, por exemplo. Se você não faz esse procedimento, o aparelho começa a falhar e a ficar mais lento.

Três colegas de trabalho olhando seus respectivos celulares.
É necessário atualizar os roteadores para garantir um serviço mais eficiente.

2 – Quedas de energia

Se a energia cair constantemente na sua região, saiba que isso prejudica, e muito, a qualidade da sua conexão. Isso porque o sinal também pode começar a falhar e causar problemas no dia a dia. Daí a importância de investir em equipamentos que evitam quedas bruscas, como nobreaks e estabilizadores.

Aproveite para verificar também qual tipo de problema tem ocasionado essas quedas, pois ficar sem energia implica prejuízos para o seu negócio.

1 – Falta de repetidores ou pontos de acesso

Como se trata de uma empresa, muitas vezes um roteador não dá conta de espalhar o sinal. Resultado: a conexão pode ficar ruim em diferentes locais. Para resolver o problema, no entanto, uma solução simples é investir em repetidores. São equipamentos que, como o nome já diz, recebem e transmitem o sinal para pontos mais distantes.

Computador sobre a mesa e mãos digitando.
Repetidores e pontos de acesso garantem um sinal melhor.

No caso de ambientes maiores, ainda há a possibilidade de criar pontos de acesso. Tal solução é capaz de criar uma rede única, na qual cada ponto consegue transmitir os sinais de internet para o próximo ponto. Dessa forma, tem-se uma rede estável, mais robusta e eficiente.

Vivo Fibra

Em todos os casos, é essencial contratar um bom plano de internet para garantir a qualidade do sinal. Por isso, dê preferência às opções de fibra ótica, que são mais estruturadas e conduzem o sinal com maior eficiência.

A Vivo, por exemplo, oferece diferentes opções para empresas de todos os portes e setores. São serviços que garantem estabilidade e segurança para a sua empresa. Além disso, a contratação inclui vantagens imperdíveis, como ultravelocidade de até 300 mega, técnicos no local em até quatro horas após a abertura do chamado e acesso livre ao aplicativo Smart Wi-Fi.

Wi-Fi corporativo: print da tela do site da Vivo.
Vivo Fibra garante rapidez e segurança.

O app é usado para monitorar tudo o que acontece na rede. Ou seja, verifica características como volume de acessos e velocidade de internet. Além disso, é possível usar a plataforma para driblar interferências e encontrar o melhor sinal do Wi-Fi da sua empresa. Aliás, todas essas funcionalidades de controle podem ser feitas pelo celular. Assim, a conectividade estará garantida.

Acesse o site para conhecer todos os planos disponíveis de internet e contratar agora mesmo!

E aí, viu como algumas atitudes simples podem te ajudar a aproveitar toda a capacidade do seu Wi-Fi corporativo? Dica: coloque todas em prática agora mesmo para garantir uma conexão sem fio de qualidade!

Falando nisso, aproveite para ler uma reportagem que fizemos sobre como estabelecer uma rede de Wi-Fi pública para a sua empresa. E baixe também o nosso e-book sobre Wi-Fi para ficar por dentro de tudo!

Agradecemos a leitura e te convidamos a passear mais pelo Blog Vivo Empresas para ter acesso a mais conteúdos como este.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetTecnologiaWi-Fi
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio