Wayra: como funciona o programa de aceleração de startup da Telefônica

Descubra aqui tudo sobre essa novidade que pode ajudar a sua empresa a crescer.

19/11/2018 às 9:00

Se para você empreender significa apenas abrir uma empresa e seguir um modelo de negócios já preestabelecido, é hora de repensar esse conceito. Para os que empreendem e pensam além, o termo significa muito mais do que isso. Significa arriscar e pensar em algo inovador. Algo diferente de tudo o que já foi feito! Assim nasce uma startup.  

Portanto, as startups são empresas que surgem para o desenvolvimento de algum projeto específico, em geral ligado à inovação. Como um aplicativo ou uma ferramenta de negócio, por exemplo.

Para os que seguem esse modelo de negócio de startup, algumas dúvidas costumam surgir pelo caminho. Como impulsionar o empreendimento? Como conseguir clientes e vender? A minha proposta é realmente convincente? Como encontrar a parceria ideal para investir e fazer a minha marca crescer?

Foi pensando em responder questionamentos como esses e gerar um impacto positivo na economia local que surgiu a Wayra. Se trata de um veículo de investimento em startups digitais em países da Europa e América Latina. No Brasil, o empreendimento chegou em 2012 e já conta com mais de 60 startups em seu catálogo.

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startups.

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startups.

A Wayra é uma das sete iniciativas do programa Telefônica Open Future, plataforma de inovação aberta e empreendedorismo do Grupo Telefônica. Portanto, ele vem para apoiar novas startups que precisam daquele empurrãozinho para crescer.

Ficou curioso para saber mais? A gente conta tudo sobre a Wayra, e como ela pode auxiliar o crescimento da sua startup. Siga conosco!

Como surgiu o Wayra?

A Wayra é relativamente nova. Foi lançada em 2011, na Colômbia, e a partir daí se expandiu para outros nove países, chegando ao Brasil em 2012.

Suas sedes, ou academias, estão espalhadas pelo mundo, presentes em países como Espanha, Inglaterra, Alemanha, Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, Venezuela, México e Chile.

A Wayra tem a visão de ser o hub de inovação mais global, tecnológico e conectado do mundo. Para tanto, aposta em empresas que já possuam uma base tecnológica, com produtos que já estejam ativos. Desse modo, trabalha junto com a startup para maximizar seu potencial de crescimento.

Assim, a aceleradora de startups conecta a Telefônica e disruptores digitais ao redor do mundo. Portanto, ao estar debaixo desse guarda-chuva, sua startup pode ter acesso diferenciado a uma rede de 350 milhões de contatos, entre fornecedores e clientes, em 10 países.

Ou seja, com a Wayra o seu projeto pode ser beneficiado por uma interface única e efetiva entre empreendedores e uma rede de networking nos países onde a Telefônica atua. Com seu modelo de investimento já consolidado, e com grande respaldo do mercado de investimento de risco, o hub integra o projeto de transformação digital da Vivo.

Desse modo, a aceleradora, junto com a Telefônica, vem para firmar parcerias com as startups em fase de aceleração. A ideia é melhorar seus processos, buscar soluções complementares ou inovadoras para oferecer aos seus clientes.

Sede do Wayra em São Paulo.

Sede do Wayra em São Paulo.

Quais startups compõem o Wayra Brasil hoje?

Para entender como a aceleradora pensa seu negócio, vale saber um pouco mais sobre as startups que integram seu portfólio. Recentemente, cinco novas empresas entraram para o clube, e agora fazem parte do time de startups investidas pela Wayra Brasil.

Essas novas startups foram selecionadas a partir de uma chamada aberta, realizada entre outubro e novembro de 2017, pela Wayra. Na ocasião, centenas de empresas foram avaliadas. Vamos ver um conhecer um pouquinho de cada uma delas a seguir:

Back4App

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Back4App é uma das novas startups do Wayra.

Oferece uma plataforma que possibilita construir, hospedar e conectar aplicativos sem a necessidade de repetir códigos ou de contratar um sistema administrativo para cuidar da infraestrutura. Além disso, a ferramenta se integra aos serviços mais utilizados. Assim, é possível entregar soluções mais complexas de forma acelerada e simplificada. O mercado de BaaS (Backend-as-a-Service), ao qual se insere a startup, está em crescimento acelerado nos últimos anos.

Social Miner

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Social Miner é uma das starups do Wayra.

Usando machine learning e story telling, o Social Miner é uma solução para criar campanhas de marketing digital mais humanizadas. E assim potencializar as vendas das empresas.

DB18: Billion Run

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

DB18: Billion Run é uma das startups do Wayra.

Se trata de um game desenvolvido pela DB18. Com versão para desktop e app para Android, seu diferencial é seu sistema freemium, que possibilita ser oferecido também por provedores de serviços de telefonia.

Getup Cloud

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Getup é uma das startups do Wayra.

A startup criou uma ferramenta capaz de publicar, gerenciar e escalar aplicações em qualquer infraestrutura. Seja em nuvem ou no próprio datacenter, mesmo em servidores físicos. Desse modo, a plataforma pode desenvolver e rodar aplicações cloud-native e microsserviços para ajudar grandes empresas a modernizar a área de TI. Com isso, o negócio ganha em eficiência e velocidade.

RankMyApp

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

RankMyApp é uma das startups do Wayra.

Combinando as tecnologias de App Store Optimization e mídia programática para a aquisição de usuário, o app busca otimizar o marketing de aplicativos. A ideia é atingir o público-alvo dentro do melhor custo/benefício a cada campanha.

Quais são os projetos apoiados pelo Wayra?

A Wayra também participa e apoia vários projetos. Confira a lista a seguir:

  • Bovcontrol

Por meio de aplicativo, a plataforma de gerenciamento de gado permite a coleta e análise de dados para pecuaristas. Após o investimento da Wayra, a empresa já conta com 32 mil usuários espalhados pelo mundo, além de escritórios no Brasil e Estados Unidos.

  • QueroQuitar

A QueroQuitar é uma startup que permite localizar, negociar e quitar dívidas através da internet. Com parcerias com grandes instituições financeiras, a ferramenta busca ajudar o usuário a limpar seu nome sem constrangimento. Desse modo, o cliente se torna novamente consumidor ao recuperar seu crédito.

  • ProRadis / ExamineJá

Prestando serviço para mais de 200 instituições, a ProRadis oferece softwares para gestão de clínicas, laboratórios e hospitais. Por outro lado, o ExamineJá tem a função de facilitar o acesso à assistência de saúde, atingindo 7 milhões de usuários. As empresas pertencem ao mesmo grupo e foram fortalecidas por aderir a Wayra, conquistando parceria com a própria Vivo em 2017.

  • NetSupport

O objetivo do NetSupport é fazer a ponte entre profissionais de TI e pessoas que precisem de seus serviços. Com o apoio da Wayra, hoje a plataforma conta com mais de 12 mil técnicos espalhados em mais de 700 cidades em todo o Brasil.

Quem pode participar do Wayra?

Periodicamente, a aceleradora abre seu processo seletivo em busca de novas startups para apoiar. Para entrar no programa, os projetos passam por minuciosa avaliação. Como dito anteriormente, o requisito inicial é ser uma startup já lançada, com pelo menos um produto no mercado.

Se aprovados, os projetos receberão a metodologia da Wayra e poderão ficar instalados fisicamente por até um ano dentro da academia. Durante esse período, receberão mentoria, assessoria e infraestrutura de escritório, sem nenhum custo para a startup.

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Para participar do Wayra, a startup precisa já estar lançada no mercado.

Assim, o projeto contará com especialistas da Wayra, que serão os responsáveis em apontar os melhores caminhos para as empresas, gerenciar plano de negócio, definir corretamente público-alvo, entre outras decisões e ajustes operacionais. Além disso, com a aceleradora o empreendedor poderá ter auxílio para encontrar com precisão qual é o público disposto a pagar pelo o que seu negócio oferece.

Fazendo parte da Wayra, a startup tem a chance de trabalhar com parceiros ou fornecedores da Telefônica em nível global. E com a Vivo, caso o produto ofertado tenha a ver com o escopo dessas empresas.

É preciso ficar de olho na plataforma Open Future para saber quando as chamadas de inscrição para novos projetos serão abertas. Enquanto isso não acontece, é possível acompanhar por esse mesmo site conteúdos e eventos da aceleradora. Além disso, a plataforma notifica quando novas chamadas globais e nacionais são abertas.

Já o canal Wayra Brasil é uma ótima pedida para os que empreendem e buscam dicas de como impulsionar suas empresas. A ferramenta dispõe de vídeos e mentorias de diversas áreas, além de troca de experiências e tira-dúvidas.

O canal de oferta de empregos do Wayra

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Wayra criou uma portal de vagas para ajudar as empresas na busca pelos melhores profissionais.

Em seu processo de impulsionar o crescimento das startups selecionadas, a Wayra acaba por gerar mais empregos. Visando suprir essa demanda de profissionais, recentemente o hub anunciou um canal para comunicação de vagas de emprego abertas pelas startups nas quais investe.

O canal de oferta de empregos foi desenvolvido dentro da Wayra, fruto da parceria da plataforma com a Gupy. A Gupy é uma startup do ramo de Recursos Humanos 3.0. Atuando por meio de uma plataforma de recrutamento de pessoal, utiliza people analytics, inteligência artificial e machine learning em sua seleção de talentos.

A página de vagas de empregos em projetos da Wayra, disponível neste link, traz ofertas ocasionais. Entre elas, vagas para profissionais como desenvolvedores, executivo de vendas, community relations, estágios, entre outros.

De um lado a plataforma ajuda quem está em busca de oportunidade. E do outro contribui com as empresas que buscam profissionais mais qualificados.

Startup: busque profissionais motivados

Desde que chegou ao Brasil, a Wayra já investiu em mais de 60 startups. Em geral, para esse tipo de empresa costuma-se buscar os melhores e mais motivados profissionais do mercado. Até porque quando se fala em trabalhar em startups, se fala em envolvimento diário com o cotidiano da empresa, em uma atuação ativa com os sócios.

E é comum, nesse modelo de empresa, que as equipes sejam reduzidas e absolutamente comprometidas com o projeto. A metodologia é ágil, com enorme potencial de aprendizado e estrutura mais horizontal de administração.

O Wayra chegou ao Brasil para impulsionar startup.

Empreendedores assistem a palestras na sede Brasil do Wayra.

Ou seja, por serem empresas com alto potencial de crescimento e estrutura ainda em construção, você como gestor ou dono de uma startup precisa buscar profissionais com aquela vocação empreendedora e uma vontade inquestionável de fazer acontecer.

Concluindo…

O Brasil é um país com um enorme potencial para o empreendedorismo, com boas ideias, competência e pessoas com ótimo nível de educação. No entanto, a infraestrutura era algo que ficava a desejar para que esses projetos pudessem ir para a frente.

Com a Wayra, esse cenário tem a chance de mudar. Desse modo, com sua visão de ser um hub conectado e voltado para inovação aberta, a plataforma atua como uma facilitadora para startups que estão começando.

Ou seja, a ideia é conectar os novos empreendedores com a Telefônica e, assim, gerar juntos oportunidades de negócios. Dessa maneira, a Wayra funciona como a interface entre a Telefônica e os empreendedores pelo mundo.

Se você tem interesse em participar do projeto da aceleradora, vale ficar atento à abertura dos editais de processo seletivo. Eles são liberados esporadicamente, e abrem vagas para startups que já estão no mercado, mas buscam um “empurrãozinho” de especialistas para fazer o negócio acontecer.

É o caso da sua empresa? Se a resposta for sim, não deixe de consultar a plataforma Open Future e descobrir como a sua startup pode entrar para a Wayra.

E se você gostou do tema, siga conosco no Blog Vivo Empresas, para acessar mais conteúdos como esse!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio