TV corporativa: veja como implementar no seu negócio

Descubra aqui todos os passos fundamentais para implementar o projeto de uma TV corporativa na comunicação interna da sua empresa!

26/02/2019 às 15:10

Já pensou em ter uma TV corporativa? O meio de comunicação pode ser uma estratégia bastante interessante para aproximar e engajar os colaboradores. É possível utilizá-lo para divulgar notícias sobre a empresa, apresentar os destaques do mês, mostrar as conquistas das áreas, tornar público alguns números importantes e muito mais. Há diversos benefícios, sobretudo para negócios com mais de uma unidade. Assim, todo mundo fica sabendo o que acontece em todas.

O meio de comunicação é eficiente por ter as imagens como elementos principais da narrativa. Ou seja, todas as notícias terão vídeos ou então mensagens muito curtas. Tal característica é positiva em ambientes corporativos, uma vez que as pessoas estão envolvidas em seus trabalhos. Se elas receberem conteúdos rápidos e mais visuais, certamente irão consumi-los e assimilá-los mais facilmente.

A TV corporativa é bastante usada nas estratégias de comunicação interna.

A TV corporativa é bastante usada nas estratégias de comunicação interna.

Além disso, os vídeos têm caído cada vez mais na preferência do brasileiro. De acordo com a pesquisa Video Viewers, do YouTube, realizada em parceria com o Instituto Provokers e com a Box 1824, de 2014 para 2018 o consumo desse tipo de conteúdo cresceu 135% no País. Sendo assim, é bem provável que o engajamento será maior se você implantar um sistema de TV dentro da sua companhia.

Aliás, foi-se o tempo em que esse tipo de recurso tinha um custo bastante alto de implementação. Com a internet, ter um veículo interno ficou muito mais fácil do que se imagina. Quer saber como? Mostramos todos os passos nos tópicos seguintes.

Como implementar uma TV corporativa?

Antes de tomar qualquer decisão, é importante ter uma estratégia bem definida. Isso significa criar a TV para atender alguns objetivos específicos. E você precisa tê-los na ponta do lápis. Os que mais justificam a criação desse tipo de plataforma são:

  • Engajar o público.
  • Apresentar números.
  • Emitir comunicados de um jeito mais atrativo.
  • Divulgar as ações internas.
  • Aproximar os colaboradores, sobretudo de seus gestores.
  • Levar informações importantes sobre a companhia para funcionários que não trabalham no computador.
  • Divulgar promoções, serviços e produtos.

Se você marcou uma ou mais itens acima, certamente a TV corporativa é uma boa opção para cumprir seus objetivos. O próximo passo, então, é verificar quais profissionais poderão tomar conta desse projeto. Ou então se será necessário contratar colaboradores específicos. Para isso, faça um planejamento financeiro e verifique  se o projeto cabe no seu orçamento.

Confira também como vídeos online são utilizados para promover produtos e serviços!

Orçamento e objetivos

Considere os seguintes itens: contratação de um software específico para viabilização das transmissões, compra de aparelhos, produção de conteúdo (gravação, edição, produção de textos e arte), contratação de profissionais a instalação de todos os equipamentos necessários.

Faça esse plano junto com a equipe financeira para verificar a viabilidade do projeto. Com tudo certo, faça o planejamento da implementação. Isso inclui algumas definições, como por exemplo:

  • Você precisa saber quem é o seu público-alvo para poder produzir um conteúdo que esteja de acordo com ele.
  • Verifique em quais locais irá colocar a TV, se em cada departamento ou em um ponto de convívio Verifique o tempo de permanência das pessoas nos espaços escolhidos. Por exemplo: em um corredor certamente não será efetivo, uma vez que as pessoas só estão ali de passagem.
  • Faça um planejamento do conteúdo. Ou seja, qual a periodicidade que irá gravar, coletar depoimentos, quem serão os primeiros entrevistados, que tipo de material você vai querer divulgar, se terá notícias externas, se irá publicar boas práticas da empresa e por aí vai. Você precisa ter tudo definido antes de começar.
  • Orçamento: com o plano montado fica mais fácil entender o quanto deve ser investido.
TV corporativa: veja como implementar no seu negócio.

Faça um planejamento completo antes de implementar o projeto.

Defina o tipo de TV corporativa

Há duas opções disponíveis no mercado: por satélite, que costuma ser mais cara e indicada apenas para grandes empresas, e por internet, que é mais fácil e barata de implementar. No entanto, esta última exige a contratação de um software para gerenciamento do conteúdo.

Trata-se de uma plataforma que você usa para programar e distribuir o material que deseja de acordo com os horários mais adequados. Você monta uma grade de programação de um jeito bastante simples. Aliás, esse trabalho pode ser feito até mesmo a partir de dispositivos móveis.

Algumas das principais empresas do setor são 4YouSee, que oferece um teste gratuito por 14 dias, e Screencorp. Ambas têm preços bastante competitivos e um suporte para a implementação e gerenciamento do serviço.  Assim, você tem toda a infraestrutura e o auxílio que precisa para a implementação do projeto.

Faça testes

Depois de definir a programação e fazer o conteúdo, pergunte aos colaboradores o que eles acharam da iniciativa. Pesquisas de satisfação são muito importantes nesse momento, uma vez que todo o material disponível precisa engajar o público-alvo. Eles devem consumir as notícias e os dados divulgados para todo o trabalho ser efetivo. Daí a importância de consultá-los e, com base no que eles falaram, propor melhorias contínuas.

TV corporativa: veja como implementar no seu negócio.

Faça pesquisas de satisfação para verificar se as pessoas têm gostado do conteúdo.

Aliás, assim que notar que o projeto vem dando bons resultados, você pode expandi-lo. Isso significa instalar novos aparelhos em outros pontos estratégicos ou então investir mais na produção de conteúdo.

Conteúdo

A equipe responsável pela TV corporativa deve ter um cronograma bastante detalhado das publicações, com informações como: formato do conteúdo (se é em vídeo, texto ou gráfico, por exemplo), quem irá passar os dados necessários para a construção desse material (quais setores ou profissionais deverão ser consultados), prazo para a finalização do material e previsão de publicação. Assim, é possível ter uma escala bastante organizada, uma vez que a produção do material depende de outras pessoas para ser viabilizada.

TV corporativa: veja como implementar no seu negócio.

Planeje bem o conteúdo para garantir que todas as áreas tenham espaço na TV.

Além disso, é importante que esta equipe tenha uma boa relação com todos os setores da companhia. Isso porque o conteúdo depende de informações específicas de cada área. Por isso, é interessante organizar reuniões mensais com um representante de cada setor para tentar identificar possíveis assuntos e pautas. Proponha que esse profissional leve três ou quatro temas para validação do time de comunicação. Isso é uma boa saída para ter sempre conteúdos novos e variados.

E aí, ficou animado para implementar o projeto na sua comunicação interna? Aliás, veja aqui algumas ações de marketing importantes para ajudar pequenas empresas a decolarem.  E siga conosco no Blog Vivo Empresas.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio