Telefone celular: como escolher o melhor plano para sua empresa

Qual o melhor plano para smartphone da sua empresa? Você sabe escolher o melhor? Confira aqui no que você precisa ficar de olho para essa contratação.

30/11/2018 às 10:30

Escolher um plano adequado de telefone celular para uma empresa não é tarefa fácil. Lidar com novos custos sempre exige paciência e estratégia. No Brasil, por exemplo, o custo do minuto de celular é o mais caro do mundo, conforme a União Internacional de Telecomunicações (ITU), da ONU. Já a vizinha Argentina fica em segundo lugar no ranking que considera as ligações entre operadoras diferentes.

Independentemente do país onde a empresa está, se não houver uma escolha racional quanto ao plano assinado, as despesas com telefonia móvel serão sempre um custo variável que prejudicará a previsão do fluxo de caixa da empresa.

Leitura complementar recomendada: Veja as vantagens de usar um Celular Corporativo

Ainda que o apelo dos fabricantes de telefone celular seja grande e as “facilidades” oferecidas pelas operadoras sejam muitas, é preciso considerar as reais necessidades da empresa em termos de comunicação.

Como administrar o custo com telefone celular no seu negócio?

Telefonia móvel é um custo variável que pode ser melhor planejado.

Telefone celular: muito além da tarifa

Não há dúvida de que a tarifa deve ser o primeiro item analisado antes de aderir a um plano empresarial de telefonia. Mas outros pontos são tão essenciais quanto preço. De que adianta pagar o minuto mais barato se a operadora não oferece uma boa cobertura?

Para saber que outros fatores devem ser levados em consideração, pense longe, imagine todos os cenários que podem se desenhar à frente. Siga a leitura e veja quais são os principais pontos de atenção ao contratar o serviço.

O que avaliar ao escolher o plano

Preço

A questão de preço envolve mais de uma variável. Em linhas gerais, a valor do minuto com a mesma operadora conta muito. Mas pegue a conta telefônica dos últimos três meses e confira se você ligou mais para a sua operadora ou para múltiplas operadoras.

Se você não sabe quais números são de outras operadoras, há aplicativos gratuitos que podem revelar isso. Analise, então, qual o valor gasto com essa ligações e veja se é razoável.

Avalie viagens frequentes

Você e seus colaboradores viajam muito para regiões distantes? Então, verifique o pacote de ligações para outras regiões do seu país. Se for o caso, avalie as tarifas internacionais também. Veja se é vantagem adquirir um pacote de dados para essas situações.

Substitua o pacote de dados por ligações…

Ter um smartphone com internet o tempo todo é útil. Mas verifique se há essa necessidade. Seus funcionários passam a maior parte do tempo no escritório? Se a resposta é sim, elimine o gasto com pacote de dados e invista mais em ligações.

… ou vice-versa

A análise inversa também é válida. Se os colaboradores passam a maior parte do tempo em trânsito, é melhor investir em pacote de dados e reduzir o plano de ligações. Com os aplicativos gratuitos de conversação, muitas pessoas já deixaram a comunicação falada no passado.

Verifique horários

Algumas vezes, as operadoras oferecem tarifas excelentes, mas em horário noturno. Se a sua empresa funciona em horário comercial, esse pacote já não serve para você. Fique atento a esses detalhes.

Planeje a quantidade de aparelhos

Talvez a operadora ofereça uma quantidade grande de aparelhos, para dar cobertura a todos os funcionários. Mas cada usuário representa um custo a mais. Será que colaboradores com tarefas burocráticas, que ficam o dia todo no escritório, precisam entrar no plano? Avalie bem.

Agora que você já sabe o que prestar atenção na hora de contratar um plano de telefonia móvel, pesquise as opções que cada operadora oferece e escolha a mais apropriada para o seu negócio.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
FinançasGestão
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio