E-mail marketing: 5 dicas de ouro para evitar que a sua mensagem caia no spam

Veja como impedir que parte da sua estratégia de marketing vá por “spam” abaixo, sem que ninguém leia!

14/06/2019 às 9:00

Neste artigo você vai descobrir por que o e-mail marketing é uma ferramenta poderosa e o que fazer para evitar que o conteúdo da sua empresa seja encaminhado para a caixa de spam. São técnicas simples e de fácil implementação, mas que irão potencializar a sua estratégia e comunicação com os clientes.

A caixa de spam está sempre ali, repleta de e-mails. Mas não é tão fácil encontrar alguém que abra o lixo eletrônico todos os dias. Ou se abrir, dificilmente lerá todas as mensagens. Afinal, são muitas propagandas e algumas delas não são de total interesse da pessoa (aqui está um erro, que vamos detalhar mais à frente).

Resumindo: todo o esforço investido no desenvolvimento da estratégia e na preparação do conteúdo vai por “spam” abaixo. Afinal, de nada adianta fazer uma excelente comunicação, estruturada e direcionada, se ninguém vai ler.

Computador sobre a mesa e mãos digitando para abordar o assunto spam.
Diferentes atitudes no dia a dia são importantes para evitar que o e-mail marketing caia na caixa de spam.

No entanto, há maneiras de impedir que isso aconteça. E são atitudes relativamente simples. A primeira – e mais importante – é mandar a mensagem apenas para o público-alvo da sua empresa ou da campanha que você desenvolveu.  Ou seja, a quantidade de contatos do mailing não reflete efetivamente em vendas.

Por isso, o primeiro passo é definir o perfil que será alvo e certificar-se de que os destinatários realmente têm interesse no tema. Tal característica é primordial.

Antes de entrar nas dicas, é fundamental falarmos sobre a importância do e-mail marketing. De acordo com a pesquisa E-mail Marketing Trends, 77,2% das empresas brasileiras usam a ferramenta como um canal de comunicação com os seus clientes e 99,2% acreditam na eficiência do e-mail.

Além disso, conforme o estudo Campaign Monitor, esse tipo de contato é 40 vezes mais eficiente do que a abordagem feita pelas redes sociais. Por isso, é essencial incluir o envio de e-mail marketing na sua estratégia e ainda tomar algumas medidas para evitar que a mensagem siga para a temida caixa de spam.

5 – Crie o seu próprio mailing

Evite comprar listas prontas, pois nem sempre os e-mails são ativos ou estão atualizados. Além disso, os nomes que ali estão podem não ter total interesse no seu negócio.

Daí a importância de criar o seu próprio mailing, com integrantes que efetivamente estão de acordo com o perfil do seu negócio. A melhor forma de começar a criar uma lista de qualidade é identificar quem pode se  interessar por seus produtos ou serviços e, então, verificar como consegue coletar os dados de contato desses clientes.

Por exemplo: se o seu negócio é um café, uma boa maneira de conseguir enriquecer a sua lista é disponibilizar Wi-Fi gratuito (veja como fazer) e pedir que os clientes incluam seus dados quando forem fazer o login.

Foto com foco nas mãos de uma pessoa mexendo no celular. Veja como evitar spam.
Criar o seu próprio mailing é essencial para alcançar mais pessoas.

Outra forma é criar conteúdos relevantes, como e-books, e disponibilizá-los no site ou em qualquer outro canal que você possuir. Em seguida, permita que o download seja feito apenas depois do preenchimento de alguns dados, como o e-mail. Assim, você terá dados de pessoas que estão realmente interessadas no tema. Ou seja, a chance do mailing criado ser mais efetivo do que listas compradas é muito maior.

Tais dicas permitem que, os poucos, e com uma visão estratégica, você consiga criar uma base de qualidade.

4 – Opte por ferramentas de envio

Existem no mercado diferentes ferramentas de envio de e-mail marketing, que fazem todo o trabalho e garantem uma entrega mais assertiva. É interessante contratar esse serviço por um motivo: o sistema de envio fica muito mais fácil no dia a dia. Ou seja, você consegue disparar a sua mensagem para mais pessoas em menos tempo.

Trata-se de um serviço que faz todo o trabalho por você. Dessa forma, você pode focar apenas no conteúdo e no planejamento estratégico. A parte operacional fica nas mãos de uma empresa que tem experiência no assunto.

Outra vantagem do uso desse tipo de ferramenta são os relatórios com as principais métricas da campanha, como taxa de abertura, tempo de leitura e taxa de rejeição. Assim, é possível ter um termômetro das suas comunicações.

Imagem com foco em um celular e uma ilustração retratando a chegada de um e-mail. Veja com como evitar o spam.
Ferramentas de envio são boas soluções para otimizar o processo.

No entanto, antes de contratar uma empresa especializada é importante prestar atenção em algumas características, como reputação na internet e tipo de suporte oferecido. Faça uma pesquisa, pergunte para colegas e, assim, escolha a melhor opção.

3 – Capriche no visual e no conteúdo

Não mande um e-mail apenas por mandar. Crie uma mensagem que efetivamente fará a diferença para o seu cliente. Aposte em frases atrativas, convincentes e curtas. Nada de textão! Aliás, o layout também é importante – e você precisa saber mesclar imagens e palavras. Para garantir equilíbrio, o ideal é que haja 60% de texto e 40% de recursos visuais.

Foco nas mãos de uma mulher mexendo no celular. Veja como evitar o spam.
O conteúdo do e-mail deve ser atrativo para evitar que a mensagem caia diretamente no spam.

Combinar esses dois elementos também contribuem para o aumento da taxa de entrega, pois os servidores de e-mail entenderão que se trata de uma mensagem que será de interesse do usuário.

2 – Opte pelo HTML e evite spam

Uma boa maneira de driblar o spam é construir a mensagem em HTML (códigos). Dessa forma, você consegue inserir o que deseja sem ter suas fotos e artes barradas.

Além disso, o formato deixa as mensagens mais atrativas e permite uma interação maior, já que possibilita que o cliente clique diretamente nos botões de ação (chamados de call-to-action).

1 – Um bom assunto

O assunto faz toda a diferença na taxa de entrega do e-mail marketing. Além de chamar a atenção do público, também pode evitar que a mensagem vá parar no spam. Isso porque o uso de algumas palavras implica em um caminho direto para o lixo eletrônico. Tente evitar usar expressões como “ganhe dinheiro”, “desconto”, “grátis”, “oferta imperdível”, “clique aqui” e “tempo limitado”, entre outras.

Descubra por que usar e-mail marketing e evite o spam.
Usar um bom assunto é a chave do sucesso do e-mail marketing.

Esse tipo de abordagem costuma não ser tão eficiente, pois os provedores de e-mail entendem que a mensagem pode ser efetivamente uma propaganda indesejada – e até enganosa. Portanto, dê preferência a um conteúdo que chame atenção do seu cliente pela qualidade dos produtos e serviços.

Os assuntos não podem ser escritos em caixa alta e devem ter, no máximo, 60 caracteres. E aí, gostou da artigo? Seguindo essas dicas dificilmente seus e-mails cairão na caixa de spam! Aliás, depois do envio é importante monitorar os resultados. Mas você conhece todas as métricas nas quais deve ficar de olho? Nós fizemos uma lista – confira aqui!

Além disso, confira dicas preciosas para saber como o seu e-mail marketing pode chegar para mais clientes. No mais, fique conosco para ter acesso a mais conteúdos sobre estratégias de marketing digital!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
E-mailTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio