Entenda como funciona o Shopping de Criadores do Instagram

O Shopping de Criadores, do Instagram, possibilita que a compra de itens marcados nas postagens dos influenciadores sem sair do app. Entenda como funciona!

08/01/2020 às 9:00

Neste artigo, você vai saber o que é o Shopping de Criadores, do Instagram, e como ele funciona. Além disso, vai ver se esse recurso já está disponível no Brasil e quais são as suas vantagens para todos os tipos de negócio.

O Shopping de Criadores (tradução livre para Shopping from Creators) é um recurso que possibilita que influenciadores marquem exatamente o produto que estão vestindo em seus posts. Para que os usuários possam adquiri-lo sem sair do Instagram.

Três iphones brancos expõem o recurso "Shopping from Creators" do Instagram. O primeiro mostra uma imagem de uma mulher usando um relógio enquanto o segundo mostra uma imagem do relógio e o terceiro informações sobre o produto e sobre formas de pagamento.
Usuários podem comprar itens de marcas marcadas nas postagens dos influenciadores sem sair do app. Imagem: Instagram Business

Até então, os influenciadores conseguiam identificar, por meio de tagueamento, somente marcas. Por esse motivo, o produto com suas especificações era inserido na legenda. E, por vezes, explorado nos comentários.

Agora, com o Shopping de Criadores, todos saem ganhando: influenciadores poupam tempo e marcas aumentam as vendas. Uma vez que o caminho entre desejo e compra é bruscamente encurtado. O Instagram, por sua vez, reforça seu posicionamento como aliado de marcas na venda de produtos e serviços.

Como o recurso funciona

Ao clicar em um item tagueado na postagem de um influenciador, o usuário pode fazer tudo o que faria em um e-commerce tradicional: escolher as especificações do produto (modelo, tamanho ou cor), forma de pagamento e endereço para entrega, entre outras atividades.

No entanto, essas duas últimas informações só são requisitadas no primeiro pedido. Para uma segunda compra, os dados já estarão armazenados. Além disso, a pessoa recebe notificações do app sobre o pedido como forma de acompanhá-lo.

O recurso foi lançado no início deste ano, durante a conferência anual dos desenvolvedores do Facebook, a F8, e pode ser definido como um complemento do Checkout, ferramenta que possibilita que marcas vendam seus produtos no aplicativo.

Imagem contém três prints do Instagram. O primeiro mostra um estojo de maquiagem com várias cores de sombra em um fundo colorido. O segundo mostra o estojo em fundo branco e informações sobre preço e especificações. A terceira imagem também mostra o estojo, assim como informações de pagamento.

Na página Checkout do Instagram, o usuário pode fazer tudo o que faria em um e-commerce tradicional. Imagem: Instagram Press

Tendo isso em vista, somente empresas americanas que estão na versão beta do Checkout, tais como Dior, Zara e Adidas, podem usar o Shopping de Criadores do Instagram. Da mesma maneira, apenas uma lista restrita de influenciadores, como Candace Parker e Kylie Jenner, pode marcar itens em suas postagens.

Tanto a ferramenta Checkout quanto o Shopping de Criadores do Instagram estão em fase de testes e funcionam apenas nos Estados Unidos. Não há previsão de chegada ao Brasil.

Por que isso importa? 

O Shopping de Criadores reforça, enquanto recurso, uma tendência do marketing digital: a contratação de influenciadores para ampliação da visibilidade de produtos ou serviços de empresas.

Isso porque esses profissionais possuem influência sobre seus seguidores, que costumam ser muitos. Dessa forma, o que pensam ou falam sobre uma marca causa um efeito significativo.

Prova disso são as campanhas de publicidade com influencers digitais que costumam ter um engajamento 16 vezes maior quando comparadas a formatos mais tradicionais, conforme a plataforma de comunicação Social Chorus.

Levando isso em consideração, além de enxergar o recurso como uma solução criativa para tornar o processo de compra mais ágil, é imprescindível considerá-lo uma indicação de que, de fato, a inserção de influenciadores em campanhas pode ser uma ideia interessante para sua empresa.

Influencer digital: conheça alternativas mais rentáveis para PMEs.

E o Shopping Instagram?

Conforme mencionado no início do texto, no Brasil não há Checkout, tampouco Shopping de Criadores. No entanto, é possível que uma marca exponha seus produtos pelo Shopping Instagram. Portanto, é preciso ter uma conta comercial na rede social, além de uma fanpage no Facebook.

Uma vez acionado, o shopping Instagram entra como uma “área” no perfil da marca e reúne imagens de produtos com descrições e preços. Além disso, os produtos aparecem de forma orgânica. Isto é, espontânea, na aba “Explorar”. Sendo assim, todo e qualquer usuário que demonstre interesse pela marca ou pelo universo em que ela se situa é impactado.

Dois iphones brancos. O primeiro mostra uma foto do que parece ser uma sala de estar. Na sala, uma bolsa rosa repousa sobre um puff listrado. Ao lado do puff, um banco de metal com estofado rosa em frente a um balcão típico de cozinha americana. Em cima da bolsa há um balão com o nome comercial do produto e o valor. O segundo iphone mostra uma imagem da bolsa rosa, junto com informações sobre valores e uma descrição do produto.
É possível que marcas brasileiras exponham seus produtos através do Instagram Shopping. Imagem: blog do Share.

No entanto, não é possível efetuar uma compra pelo app, caso contrário, estaríamos falando da ferramenta Checkout. Ou seja, para adquirir o produto é necessário acessar o e-commerce da marca.

E aí, gostou de ler sobre as diversas possibilidades oferecidas pelo Instagram? Então, aproveite para conferir oito dicas para conseguir mais seguidores.

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio