Como identificar o melhor roteador para sua empresa?

Saiba em quais características deve prestar atenção antes de comprar um roteador para o seu negócio, sem ter gastos extras ou dores de cabeça!

12/11/2018 às 9:00

O roteador garante que o sinal de internet chegue a todos os pontos do ambiente comercial ou do escritório da sua empresa. Em poucas palavras: é responsável por fazer a ponte entre o modem e os dispositivos (celulares, computadores e tablets). Por isso, esse aparelho é tão importante no dia a dia. Afinal, dependemos da web para dar andamento a projetos, finalizar vendas, entrar em contato com os clientes e muito outros processos decisivos.

Descubra como escolher o roteador para o seu negócio.

O papel do roteador é garantir a conexão dos dispositivos.

De olho nesse cenário, escolher um equipamento eficiente é essencial para garantir a qualidade da conexão. Ou seja, precisa ser algo que assegure a fluidez, a estabilidade e a segurança durante o período de expediente. Aliás, é fundamental saber que os roteadores empresariais são diferentes daqueles de uso doméstico. Os corporativos têm maior capacidade de processamento e de memória. Portanto, a quantidade de recursos é superior.

Então, leve em conta três fatores fundamentais antes da compra: velocidade, facilidade de instalação e, como falamos, a segurança. Te mostramos a seguir como isso funciona e de quais formas acertar na escolha pode contribuir para o dia a dia da sua empresa!

Estrutura

Antes de mais nada, leve em conta a estrutura da sua empresa. Pense no número de funcionários, nas informações que irão circular no ambiente e em qual é a sua estrutura de TI atualmente. Faça uma lista de quantas pessoas irão se conectar ao dispositivo. No caso de um café ou uma loja, por exemplo, desenhe uma estimativa, uma média diária de público.

Descubra como escolher o roteador para o seu negócio.

Analise a estrutura da sua empresa antes de tomar qualquer decisão.

Tais características são fundamentais para guiar a escolha. Aliás, é importante você conhecer todos os componentes de um bom equipamento.

Segurança

É preciso configurar o roteador para utilizar protocolos de segurança, que evitam a conexão de terceiros em sua rede e ainda realizam a criptografia dos seus dados. Para empresas, o mais recomendado é o WPA2. Geralmente, a maior parte dos aparelhos são compatíveis a esse protocolo. No entanto, não custa nada checar antes de comprar.

Descubra como escolher o roteador para o seu negócio.

Os protocolos de segurança funcionam como um cadeado: protegem a conexão e os dados que circulam por ali.

Será necessário digitar o IP do seu roteador para fazer essa configuração. O endereço, aliás, pode ser encontrado no manual ou outro documento que tenha vindo junto com o aparelho. Em seguida, digite o nome do usuário e a senha. Clique em “Configurações sem fio”. O próximo passo é selecionar a opção “WPA2”.

Depois, aproveite para trocar a sua senha. Escolha uma combinação difícil para evitar possíveis invasões. Considere usar números, letras maiúsculas e minúsculas, além de símbolos.

Antenas

Verifique a quantidade de antenas do seu roteador. Os que possuem três gerenciam melhor a rede, sobretudo em empresas que costumam ter um grande volume de dispositivos conectados. Depois de comprar e configurar, é importante saber posicionar bem o aparelho.

Evite colocá-lo perto de barreiras, como colunas, corredores e divisórias. Caso contrário, a distribuição do sinal pode ser afetada.

Frequência

A frequência do sinal emitido pelo roteador pode ter dois níveis: 2.4 GHz e 5 GHz. Este último é mais potente, mas tem um alcance maior. E acontece o contrário com o primeiro. Então, o mais indicado é comprar um aparelho dual band. Ou seja, que funciona com as duas frequências.

Instalação

Descubra como escolher o roteador para o seu negócio.

Dê preferência a aparelhos com uma interface amigável. Assim, você evita o estresse.

A instalação pode ser algo complicado em um roteador – e fazer esse procedimento de maneira errada pode afetar o desempenho do aparelho. Por isso, é fundamental levar tal característica em conta antes de comprá-lo. Dê preferência a equipamentos com uma interface simples, fácil de mexer. Assim, você conseguirá fazer o processo inteiro sozinho. Dica: aparelhos com sistema em português também facilitam o processo.

Recursos do roteador

É essencial comparar alguns recursos antes de optar por um roteador. Análise, entre as opções disponíveis, a capacidade de memória RAM do roteador. As tarefas são realizadas ali, por isso vale escolher o aparelho que tem o maior indicador.

Outro recurso é a memória NVRAM, que armazena os parâmetros do arquivo de configuração do sistema operacional de internet. Já a memória flash guarda esse sistema em si. Por isso, as duas são muito importantes. Elas garantem que as informações não se percam quando o aparelho for desligado, por exemplo.

Ideal para empresas

E que tal gerir toda a rede de internet da sua empresa a partir do seu smartphone? O Vivo Smart Wi-Fi faz isso para você. Trata-se de um aplicativo com muitos benefícios para o universo corporativo. A plataforma permite que o usuário encontre o melhor sinal dentro do ambiente de trabalho, livre de qualquer interferência.

Descubra como escolher o roteador para o seu negócio.

Conheça o Smart Wi-Fi Vivo!

Outra funcionalidade é decidir para quem e quando a internet fica disponível. Ou seja, você consegue limitar o acesso a seus clientes e visitantes. Aliás, essa é uma boa maneira de aumentar a velocidade de conexão no dia a dia!

Também dá para criar redes secundárias e, assim, liberar o acesso para os visitantes. Isso significa que você não precisará passar a senha principal adiante – é possível criar redes novas quando tiver alguma reunião ou receber pessoas de fora, por exemplo (e você consegue mandar a senha por WhatsApp ou SMS).

O app ainda facilita a troca do nome e da senha da rede Wi-Fi, de um jeito simples e rápido. É uma ferramenta bastante completa – e fácil de usar. Visite o site para saber mais sobre o produto!

Baixe já o Vivo Smart Wi-Fi e conheça todos os benefícios!

Recapitulando…

Listamos aqui o que é necessário levar em conta antes de optar por um roteador ou serviço. Análise o produto e veja se corresponde a todos os itens dessa lista. Depois, é só aproveitar a conexão sem dores de cabeça!

  •     Analise a estrutura da sua empresa para definir o produto ou o serviço contratado.
  •     Olhe as especificações do roteador. Compare um com outro para ter a certeza da escolha certa.
  •     Veja se o fabricante tem boas recomendações no mercado. O mesmo deve acontecer com o aparelho.
  •     Procure saber os níveis de dificuldade da instalação.

Esperamos que com essas dicas você esteja pronto para garantir uma boa conectividade à sua empresa. Aproveite, então, para ler uma reportagem que fizemos sobre como criar uma rede de Wi-Fi pública na sua companhia ou estabelecimento comercial. E continue conosco!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio