Rede Wi-Fi: saiba como montar uma boa estrutura

Muitos dados circulam pelo ambiente virtual, por isso é fundamental garantir segurança e uma boa estrutura para a sua rede Wi-Fi. Veja como!

23/08/2019 às 9:00

Este texto traz informações essenciais para quem deseja montar uma rede Wi-Fi empresarial. Responderemos as perguntas abaixo:

  • O que é uma rede Wi-Fi?
  • Qual é a relevância dela para a empresa?
  • Como evitar que um Wi-Fi ruim atrapalhe a privacidade?
  • O que é o Vivo Wi-Fi Seguro?

Imagine o seguinte cenário: uma empresa recém-aberta, com apenas 10 funcionários. Pois bem, agora pense que essa mesma organização cresceu e de 10 passou para mais de 500 colaboradores em um ano. No entanto, a rede Wi-Fi segue a mesma de antigamente. Ou seja, muito aquém da demanda atual.

O resultado? Lentidão, instabilidade e quedas de conexão. Se tudo isso já incomoda em situações pessoais, no ambiente corporativo é um grande problema. Afinal, negócios podem deixar de ser fechados por conta de uma rede Wi-Fi ruim e causar prejuízos.

Além disso, com mais gente acessando à rede, ela tende a ficar mais vulnerável. Isso pode ser ainda mais delicado se convidados e visitantes também se conectarem ao Wi-Fi. Através da conexão, os cibercriminosos podem invadir sistemas, roubar dados e provocar vários danos à empresa e sua imagem.

Parece um cenário assustador, não? Mas existem medidas que podem ser tomadas para garantir uma conexão de qualidade.

Confira como montar uma rede Wi-Fi segura.
Negócios podem deixar de ser concretizados por conta de uma rede Wi-Fi ruim.

Em busca de uma rede Wi-Fi robusta e segura

Para reverter o quadro comentado acima, é preciso entender que atualmente funcionários e empresas utilizam dispositivos “leves”, como tablets e celulares. Dessa forma, todos costumam se conectar exclusivamente ao Wi-Fi. Logo, é preciso criar uma rede que consiga suprir as necessidades de cada lugar, de acordo com o número de pessoas e dispositivos.

Além disso, deve-se levar em consideração os clientes (se você recebe visitas ou então se oferecerá uma conexão para visitantes). Em todos os casos, uma rede mais robusta garante uma produtividade maior.

Confira como montar uma rede Wi-Fi segura.
Lembre-se que funcionários e empresas utilizam dispositivos “leves”, como tablets e celulares.

Rede Wi-Fi: pontos de atenção

Alguns cuidados são fundamentais antes de instalar a sua rede, como garantir que ela será “forte” o suficiente. Ou seja, capaz de atender a todos, sem apresentar oscilações e que estará com o sinal bem distribuído. Dessa forma, evitará latências, aquele sinal mais fraco em um lugar e mais forte no outro.

Por isso, o ideal é ter repetidores de sinal na empresa para garantir que seu alcance seja maior e melhor distribuído entre os funcionários. No entanto, para determinar esses aspectos com mais precisão é importante contar com a ajuda de um profissional. Ele irá avaliar qual a melhor opção de acordo com as necessidades da sua empresa.

Escalabilidade

Outro fator importante é a escalabilidade. Ou seja, a possibilidade de ampliar a rede ou mudar de plano caso a demanda cresça.

Também é fundamental que a rede Wi-Fi seja segura. Afinal, milhares de informações trafegam pela rede a cada minuto. Sendo assim, um ambiente vulnerável pode implicar em problemas, como sequestro dados, adulteração dos mesmos por cibercriminosos.

Baixe agora nosso e-book sobre Wi-Fi seguro!

Esse cenário pode ser agravado, sobretudo, quando as empresas estimulam os colaboradores a usarem seus próprios dispositivos. Trata-se de um movimento chamado de BYOD (do inglês, bring your own device). Esses aparelhos acabam se tornando mais pontos de conexão dentro da rede.

Confira como montar uma rede Wi-Fi segura.
O ideal é que o roteador dessa rede esteja centralizado dentro da empresa. Assim, seu alcance será mais bem distribuído entre os funcionários.

Além disso, algumas medidas simples, como trocar as senhas constantemente, atualizar o roteador e desativar o WPS (Wi-Fi Protect Setup) também ajudam. No entanto, elas são só o começo. É preciso usar a criptografia, tecnologia capaz de transformar as informações em códigos, possibilitando que apenas os donos dos dados consigam vê-los.

Uma outra dica bem interessante é ter várias redes na sua empresa. Inclusive, o fato de possuir mais de uma não causa nenhum tipo de sobrecarga. Pelo contrário, ajuda a criar padrões de segurança diferentes para atender necessidades de cada grupo.

Existe ainda a opção do SD-Wan, uma tecnologia capaz de fornecer informações sobre todas as conectividades da empresa por meio de integração com um equipamento.

Dessa forma, o SD-Wan consegue gerir de forma eficiente os recursos da rede. Ou seja, é capaz de balancear o tráfego e direcionar a rede para as tarefas que mais necessitam de banda.  Quer saber mais sobre essa tecnologia? Então, clique aqui.

Wi-Fi seguro 

O Vivo Wi-Fi Seguro é uma maneira de garantir uma camada extra de proteção à rede sem fio da sua empresa. Trata-se de uma ferramenta desenvolvida para celulares, tablets e computadores, protegendo a conexão e os dados trafegados através dela.

Acesse o nosso site para ver todas as vantagens e como funciona a contratação

O último passo é sempre estar ligado. Isso porque muitas novidades aparecem para melhorar a conectividade, a velocidade e a segurança. Então, é preciso se manter atualizado e precavido!

E aí, o que achou das dicas? Viu como é importante pensar em muitos detalhes quando o assunto é a rede Wi-Fi? Falando nisso, veja aqui quais são as vantagens de se oferecer internet para os seus clientes. No mais, continue navegando pelo Blog Vivo Empresas!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetRedeTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio