Descubra como montar uma rede Wi-Fi pública eficaz na sua empresa

Oferecer uma rede de Wi-Fi gratuita aos clientes é essencial para fidelizá-los. Saiba como fazer e quais são os equipamentos mais recomendados!

08/10/2018 às 14:00

Oferecer uma boa conexão Wi-Fi para os clientes é um ponto alto em um estabelecimento comercial. Afinal, as pessoas vivem de olho no celular e isso costuma ser um atrativo a mais. Não importa o tipo de negócio – um café, um restaurante ou uma livraria – é essencial escolher um bom serviço e seguir algumas recomendações para garantir a eficácia da rede.

Como montar uma rede Wi-Fi pública eficaz na sua empresa.

Sim, nós temos Wi-Fi! Diga isso para os seus clientes e faça ainda mais sucesso.

Porém, a contratação e a instalação dependem de uma série de fatores. E é fundamental conhecer todos eles para acertar na escolha. Por isso, de olho no sucesso do seu negócio, trazemos aqui um guia com seis passos que asseguram um serviço de qualidade aos clientes.

Confira todos abaixo e sempre diga “siiiiim” quando eles vierem com a famosa pergunta: “Oi, tem Wi-Fi?”.

1 – Contrate uma internet compatível

O primeiro passo é calcular a quantidade média de visitantes que circulam pelo local todos os dias. Ou seja, é importante contratar um serviço de internet que cubra esse volume. Além disso, analise o perfil para tentar entender em quais situações o cliente usa a internet. Isso também pode ajudar a definir a quantidade de banda contratada.

Como montar uma rede Wi-Fi pública eficaz na sua empresa.

Faça as contas da média de visitantes antes de contratar a internet.

Geralmente, as pessoas se conectam em estabelecimentos comerciais para navegar pelas redes sociais e checar e-mails. Nesse caso, a média de uso é de 0,5MB por pessoa. A partir disso, é preciso fazer as contas de quantos visitantes costuma receber para optar por uma conexão suficiente.

2 – Crie um hotspot

Para garantir uma rede pública segura, será necessário montar um hotspot. Ou seja, criar um ponto de acesso à internet (a partir de um roteador) no qual o visitante se conecta ao fazer algum cadastro ou inscrição.

Assim, ele não precisará ter a  senha da rede e você ainda pode disponibilizar apenas uma parcela da quantidade de internet contratada. Muitas vezes, essa conexão pode ser feita apenas com o login no Facebook.

Como montar uma rede Wi-Fi pública eficaz na sua empresa.

Permitir que os clientes se conectem sem a necessidade de colocar uma senha é uma boa alternativa.

No entanto, para isso é preciso verificar se o roteador oferece a função “Redes Sociais”. Se tiver, basta ativá-la. É possível ainda configurar uma funcionalidade que “obriga” o cliente a dar check-in no local, o que ajuda ainda mais a divulgar o seu negócio.

Além de garantir mais segurança, com o hotspot você ainda pode alimentar seu banco de dados. Dessa forma, será possível usar os contatos cedidos pelos clientes para divulgar promoções, fazer pesquisas de satisfação e muito mais.

3 – Escolha um bom roteador

Esse aparelhinho é essencial parra o sucesso da rede Wi-Fi, pois geralmente ele é o responsável por distribuir o sinal pelo estabelecimento comercial. Por isso, é importante escolher o modelo adequado para esse tipo de uso. Em redes públicas, um dos equipamentos mais indicados é o dual band.

Como montar uma rede Wi-Fi pública eficaz na sua empresa.

Um bom roteador é uma peça fundamental nesse processo.

O motivo é simples: o aparelho funciona em duas frequências diferentes (2.4 GHz e 5 GHz), o que garante uma conexão mais rápida e ainda diminui o risco de interferência de redes externas. A frequência 2.4 GHz tem um alcance maior, porém a de 5 GHz é mais rápida para a transferência de dados. Ter as duas pode ajudar a melhorar a qualidade do sinal em diferentes situações do dia a dia.

Outra característica que pode fazer a diferença é escolher um roteador com o recurso de escolha automáticas de canais. O roteador Wi-Fi, além de funcionar em duas frequências diferentes, pode selecionar entre uma dezena de canais de comunicação dentro de cada frequência. Ter essa característica pode garantir uma rede com alta velocidade, já que o aparelho escolhe o canal menos utilizado na área onde está instalado.

4 – Defina a localização

O posicionamento do roteador é muito importante para garantir uma conexão mais rápida. Aliás, escolha um ponto central do estabelecimento para instalá-lo. Além disso, a propagação do sinal é maior se ele ficar no alto. Então, nada de colocá-lo perto do chão – dê preferência a locais elevados e sem elementos que possam rebater o sinal, como colunas e paredes. Evite deixá-lo também perto de outros aparelhos eletrônicos, como o micro-ondas, telefones sem fio e demais eletrodomésticos.

5 – Instale plaquinhas de Wi-Fi

Sinalizar que o seu estabelecimento tem Wi-Fi é uma boa ideia! Assim, o cliente já percebe logo de cara e pode se conectar facilmente, sobretudo se o hotspot criado não exigir senha. E o melhor: essas sinalizações costumam custar pouco, mas podem fazer a diferença no resultado. Afinal, comunicar um ponto positivo é sempre um bom negócio.

Bônus: segurança para o empresário

A Vivo, inclusive, tem um produto que garante a segurança da sua rede: o Wi-Fi Seguro. Trata-se de um roteador Wi-Fi com uma camada de segurança habilitada. Ou seja, o aparelho conta com um firewall que impede a invasão de hackers, por exemplo, e outros problemas relacionados. Afinal, ter a rede invadida representa um risco e tanto para os dados da companhia.

O Wi-Fi Seguro controla as portas de entrada e saída da rede, além de estabelecer limites de tráfego. É a garantia de uma conexão 100% segura para a sua empresa. Além disso, o Vivo Wi-Fi Seguro tem recursos já incluídos para a criação de hostspots. Com ele você pode criar uma base de dados dos seus clientes e até criar comunicações ou promoções para alavancar suas vendas.

Com essas dicas já é possível começar a montar uma rede de Wi-Fi para os seus clientes. Não esqueça de pensar no perfil deles para definir as melhores opções. E continue conosco para ler artigos que farão toda a diferença no dia a dia da sua empresa! Afinal, a tecnologia é sempre bem-vinda em qualquer negócio!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetRedeTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio