Você sabe o que é e como calcular margem de lucro?

Descubra o que é margem de lucro, saiba como calcular e veja se o seu negócio está prosperando.

20/11/2019 às 9:00

Neste artigo sobre margem de lucro, vamos mostrar:

  • O que é margem de lucro;
  • Qual a importância dela;
  • Como calcular;
  • E como identificar se o seu negócio está dando lucro.

Você sabe qual é o maior objetivo de uma empresa? Aliás, qual deveria ser a meta número 1? Aumentar a margem de lucro. Sim, lucro é a palavra mágica e a resposta de todas as perguntas anteriores. Uma empresa que não dá lucro, mais cedo ou mais tarde fecha as portas.

Além de ser fonte de remuneração para a empresa, o lucro serve de meio à obtenção de recursos para investir, crescer, inovar e se destacar frente aos concorrentes. Ou seja, é muito imprescindível!

Saber calcular a margem de lucro é um dos pontos mais importantes da empresa.
Saber calcular a margem de lucro é um dos pontos mais importantes da empresa.

No entanto, apenas controlando as finanças minuciosamente é possível ter garantias de estar no caminho certo. Ou seja, não tem milagre. Portanto, quem não controla, não mede. E quem não mede, não gerencia.

7 programas que ajudam a manter as contas em dia

O que é margem de lucro?

Em resumo, o lucro é o resultado positivo da diferença entre a receita total e os custos totais da empresa. Ou seja, se seu retorno nas vendas forem R$ 1.000 e seus custos totais são de R$ 400, seu lucro será R$ 600. 

O que saber para calcular a margem de lucro? 
O controle das finanças reduz o risco de prejuízo.

O que saber para calcular a margem de lucro?

É importante que você conheça bem alguns conceitos antes de calcular o lucro das suas operações. 

  • Lucro bruto ou lucro operacional: considera somente os custos variáveis da empresa. Aliás que estão diretamente ligados à produção.
  • Lucro líquido: considera todos os custos da empresa, variáveis e fixos. Portanto, deve incluir as despesas com impostos, salários, energia elétrica, por exemplo, e que são independentes da produção.
  • Receita total: montante recebido pela venda da produção ou do serviço (faturamento da empresa). 
  • Custo fixo: permanece inalterado, mesmo que a produção varie. Por exemplo, despesas com aluguel, taxa de incêndio, empréstimos, salários de funcionários e impostos fixos.
  • Custo variável: são os custos que podem se alterar conforme o nível de produção. Por exemplo, matéria-prima, energia elétrica, impostos variáveis.
  • Custo total: custo fixo + custo variável.
Como calcular a margem de lucro?
Entender conceitos de finanças ajuda na hora de calcular a margem de lucro.

Como calcular a margem de lucro?

Após compreender as definições acima, fica mais simples se familiarizar com a fórmula abaixo e calcular a margem de lucro da sua empresa.  

LUCRO = RECEITA TOTAL – CUSTO TOTAL

Portanto, observe esse exemplo para calcular o Lucro Bruto:

Digamos que a sua empresa produza relógios.

  • Quantidade produzida e vendida: 1.000 unidades
  • Preço de venda: R$ 200
  • Custo por unidade produzida: R$ 50
  • Imposto por unidade vendida: R$ 5

Receita Total = preço x quantidade vendida = R$ 200 x 1.000 = R$ 200.000

Custo = (quantidade produzida x custo por unidade) + (quantidade vendida x imposto por unidade). Veja:

           = (1.000 x R$ 50) + (1.000 x R$ 5) = R$ 50.000 + R$ 5.000 = R$ 55.000

LUCRO BRUTO = RECEITA TOTAL – CUSTO TOTAL

LUCRO BRUTO = R$ 200.000 – R$ 55.000 = R$ 145.000

Aliás, agora, veja este outro exemplo para calcular o Lucro Líquido

Para tanto, vamos considerar a mesma empresa do exemplo anterior.

  • Receita total: R$ 200.000
  • Custos variáveis: R$ 55.000
  • Custos fixos: R$ 30.000
  • Impostos fixos: R$ 5.000

LUCRO LÍQUIDO = RECEITA TOTAL – CUSTO TOTAL

LUCRO LÍQUIDO = R$ 200.000 – (R$ 55.000 + R$ 30.000 + R$ 5.000) = R$ 200.000 – R$ 90.000 = R$ 110.000 

Através dos exemplos acima você já pode ter uma ideia de quando terá lucro. Ou seja, quando a receita de vendas for maior do que os custos totais. No entanto, quando a sua receita de vendas for menor do que os custos totais, você terá prejuízo.

Portanto, é muito importante que você calcule a sua margem de lucro para todos os produtos e serviços.

Calcule a sua margem de lucro para todos os produtos e serviços.
Calcule a sua margem de lucro para todos os produtos e serviços.

Existe margem de lucro ideal?

De antemão já aviso que não. Aliás, a margem de lucro é elástica. Alguns especialistas indicam trabalhar com pelo menos 20% de margem líquida. Mas existem outros fatores que também devem ser considerados na definição do preço de venda, como por exemplo:

  • Custo: qual o valor de aquisição ou produção?
  • Cliente: qual o valor percebido pelos clientes?
  • Competidores: qual o valor cobrado pela concorrência?
  • Estratégia:  posicionamento do negócio 

Você sabe o que é markup

Em suma, é markup indica o quanto do preço do produto ou serviço está acima daquilo que ele custa para ser obtido. Portanto, é um índice multiplicador aplicado sobre o custo de um produto para formar o preço de venda. Aliás, ele baseia-se na ideia de preço margem – adicionando ao custo unitário do bem uma margem de lucro.

O markup é muito utilizado pela praticidade do cálculo na hora da venda. Desta forma, você pode trabalhar com mais de um markup por produto, dependendo do lucro a ser estimado. Aliás, ele pode ser utilizado por qualquer empresa.

Além disso, ele fornece mais segurança nas negociações, visto que são definidos limites para os descontos. Assim, todos na empresa saberão até onde poderão ir sem precisar te chamar no momento em que um cliente pedir um desconto.

Portanto, a diferença entre o markup e margem de lucro é que ele também considera o lucro desejado pelo negócio.

Descubra o que é margem de lucro.
Ter markup ajuda a determinar quanto de desconto você pode dar.

Coloque em ação

Agora que você já sabe identificar se seu negócio está realmente dando lucro, ponha logo em prática. Ou seja, avalie todas as finanças da empresa, calcule a margem de lucro, reveja o preço de venda e não deixe de identificar onde existem gargalos no seu negócio.

Portanto, aproveite para identificar processos ineficientes e custos que podem ser reduzidos. Até porque isso irá alavancar a sua margem de lucro sem que seja necessário aumentar o preço de venda.

Aliás, para se aprofundar mais no tema, leia uma matéria que fizemos sobre erros no controle financeiro. Além disso, leia também um artigo sobre contabilidade financeira. E não deixe de acompanhar o Blog Vivo Empresas. Então, até a próxima!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio