Veja como criar uma logística de distribuição eficiente no seu e-commerce

Ter uma logística de distribuição eficiente é essencial. Saiba como colocar isso em prática no seu e-commerce para alcançar excelentes resultados!

23/12/2019 às 9:00

A logística de distribuição é, sem dúvidas, um dos setores mais importantes de um e-commerce. Isso porque o fato de entregar as mercadorias em dia faz toda a diferença na satisfação dos clientes. Neste artigo, mostraremos o que deve ser levado em conta para fazer esse setor funcionar corretamente, sem falhas.

A logística é um dos pontos-chave de qualquer negócio. Em e-commerces, então, ter um setor que funcione de maneira fluida e eficiente faz toda a diferença. Coloque-se no lugar de um cliente, por exemplo. Você comprou um item e irá esperar sete dias pela mercadoria. O prazo passa e você não recebe — nem ao menos tem alguma justificativa pelo atraso.

Logística de distribuição
Para garantir o sucesso do e-commerce é essencial ter uma boa logística de distribuição.

Esse tipo de problema, sem dúvidas, prejudica a imagem da empresa. O cliente pode deixar uma mensagem aberta com a reclamação e ainda reportar o problema nas redes sociais. Não é nada bom para o seu negócio.

Daí a importância de ter uma logística de distribuição eficiente. No entanto, garantir que essa área da empresa funcione perfeitamente depende de muitas etapas. Te mostramos todas elas a seguir!

Logística de distribuição começa no planejamento

Engana-se quem pensa que a logística é apenas a entrega do produto. Pelo contrário, há muitas etapas e profissionais envolvidos. Uma das primeiras fases é o planejamento e a gestão do estoque. Isso mesmo: de nada adianta vender mil peças de roupa, por exemplo, se você não as tiver disponíveis para entrega.

Logística de distribuição: homem gritando ao telefone.
O cliente pode ficar bastante bravo se o produto não chegar na data certa, o que prejudica a imagem da empresa.

Então, voltamos à mesma situação que relatamos no início do texto: o cliente fica sem o produto que comprou. Por isso, planejar a quantidade de itens que você terá à disposição é essencial. Só depois de ter esse número em mãos que você deve anunciar no site a disponibilidade.

Em seguida, será necessário gerir. Ou seja, é preciso fazer um controle da quantidade de vendas para, assim, dar baixa no estoque. Todo esse “entra-e-sai” de mercadorias precisa ser atualizado constantemente no e-commerce.

Inclusive, a gestão de estoque também engloba avisos que devem ser enviados para o setor de produção. Por exemplo: houve recorde de vendas de um determinado vestido. Logo, a informação deve ser repassada para que os responsáveis avaliem se é possível produzir novas peças. É uma cadeia.

Além disso, o setor de logística de distribuição também precisa monitorar quais itens precisam de reposição, quais não venderam muito (assim, a empresa pode pensar em uma promoção) e que tipo de evento está próximo. Datas comemorativas, por exemplo, exigem uma atenção a mais. Aliás, isso deve ser planejado no início do ano, para as equipes estarem prontas.

Tecnologia é bem-vinda

Softwares de gestão de estoque são bons aliados. Tais plataformas permitem a inclusão de todos os itens presentes no estoque e ainda enviam alertas caso seja necessário fazer ajustes.

Saiba como ser um bom vendedor online!

Além disso, as equipes responsáveis conseguem ter uma visão muito mais geral de todos os produtos e da logística como um todo. Você consegue controlar pedidos, compras, trocas, devoluções e até mesmo pagamentos.

Transporte

Uma das etapas mais importantes é o transporte do produto que deverá ser entregue. Você precisa definir seus parceiros na fase de planejamento do e-commerce. É necessário fazer as cotações de preço para verificar qual serviço tem o melhor custo-benefício.

Geralmente, o trabalho é feito por uma transportadora ou então pelos Correios. Em entregas próximas, avalie se é interessante disponibilizar entregadores. Muitas empresas têm feito o serviço de bicicleta para endereços próximos.

Caminhão na estrada.
É importante definir quem irá fazer as entregas.

No caso da transportadora ou dos Correios, é importante ter em mente que esse serviço é de sua responsabilidade, mesmo que não seja feito diretamente por você. Por isso, é essencial contratar empresas que possuem boas referências.

Em relação aos valores, a entrega feita pelos Correios costuma ser mais em conta. O valor do frete, inclusive, pode ser cobrado do cliente ou embutido nos seus serviços. Além disso, se houver grandes quantidades, você ainda consegue descontos.

Sobre as transportadoras, o preço costuma ser um pouco mais alto, mas as entregas são feitas rapidamente. Isso pode contar muitos pontos com o cliente.

E para trocas e devoluções?

Esse processo se chama logística reversa. É quando a pessoa compra o produto e, por algum motivo, quer devolver ou trocar. Inclusive, é fundamental pensar em uma política para trocas e devoluções. Nesse documento, deve constar todas as regras, como prazo para solicitação da abertura do processo, tempo de envio, custos (se o cliente irá arcar com as despesas), endereço de envio e prazos.

Tudo deve ser bem claro para evitar problemas. O conteúdo precisa ser disponibilizado no site, em uma área visível. Nesse sentido, também é importante mostrar por quais canais o cliente consegue tirar dúvidas e fazer reclamações.

Homem com dois tênis de cores diferentes, um azul e outro laranja.
É essencial definir uma política de trocas e devoluções.

Esses são os pontos principais que devem ser levados em conta na hora de fazer o planejamento e executar as ações do seu estoque. Leve todas à risca e tenha um sistema eficiente, com um ótimo fluxo.

E aí, o que achou das dicas? Aliás, já que estamos falando sobre vendas online, saiba como usar o Google Shopping para ampliar as suas vendas. Veja também o que é omnichannel e como pode contribuir para expandir o seu negócio.

Finalize esse combo de leitura, então, com um artigo sobre as diferenças entre lojas físicas e online. No mais, agradecemos a leitura e continuamos te esperando aqui no blog Vivo Empresas!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
e-commerceGestãovendas
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio