Descubra como aproveitar o Facebook Marketplace

Tire suas dúvidas e saiba como aproveitar todo o potencial da ferramenta criada pelo Facebook!

30/01/2019 às 9:00

O Facebook Marketplace foi criado em 2016, mas só chegou ao Brasil cerca de um ano atrás. A ferramenta funciona como um classificado dentro da rede social. Os usuários do Facebook podem vender os mais diversos itens, separados de acordo com as várias categorias disponíveis.

Entretanto, no Brasil, por enquanto, o Facebook Marketplace aceita somente pedidos de inscrição de negócios do ramo automotivo e de aluguel de imóveis. Isso quer dizer que até o momento o uso do marketplace está restrito a esses segmentos. No entanto, a previsão é de que o Facebook libere tal função para outros tipos de negócios em breve.

Mesmo para os setores liberados (automóveis e imóveis), todos os pedidos de inclusão serão avaliados pela rede social. Portanto, a aprovação não é automática e depende de uma análise da equipe do Facebook.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Conheça mais uma opção para alavancar suas vendas pelo Facebook.

Porém, mesmo que ainda não seja possível disponibilizar produtos para venda direta (com o perfil comercial), o empresário consegue utilizar a ferramenta a seu favor. Como? É possível criar anúncios direcionados para o Facebook Marketplace, que serão veiculados tanto no espaço comercial, como também no feed de notícias. Te mostramos a seguir como funciona.

Facebook Marketplace x OLX

Assim como na OLX, a ferramenta do Facebook não participa das transações. Toda a negociação de venda, forma de pagamento e entrega são tratados diretamente entre vendedor e comprador – sem intermediação da rede social.

Como fazer bons negócios na internet?

Veja como criar um anúncio para o Marketplace

Entre no Facebook, acesse a página da sua empresa e, então, acesse o Gerenciador de Anúncios. Em seguida será preciso escolher o objetivo da publicação, isso faz com que o resultado seja o mais efetivo possível.

Dentre as opções estão: reconhecimento da marca, alcance, tráfego, visualizações de vídeo, geração de cadastros, mensagens, conversões, vendas do catálogo ou visita ao estabelecimento. Opte por aquele que deseja alcançar de acordo com o momento da empresa.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Escolha o objetivo do anúncio.

Depois de definir os objetivos, vá até o final da tela e clique em continuar.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Clique em continuar para prosseguir.

Agora será preciso escolher para qual destino o usuário será encaminhado ao clicar no anúncio. Pode ser uma página do seu site, um aplicativo ou o Messenger do Facebook do seu negócio.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Selecione o destino em “Conversão”.

Em seguida é preciso definir o público do anúncio e o direcionamento. Portanto, faça essa etapa de acordo com o nicho que deseja atingir. Ou seja, direcione a publicidade para quem você quer que compre seus produtos ou serviços.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Você pode especificar o público por idade, localidade, gênero, idioma e interesses.

Direcione para o Marketplace

Este é o momento de incluir seu anúncio no Facebook Marketplace. Nessa etapa, há duas opções. A primeira é a de “Posicionamentos automáticos”, onde a rede social faz um estudo dos melhores locais para veicular seu anúncio. Isso quer dizer que ele pode ir ou não para o Marketplace.

Em “Editar posicionamentos”, no entanto, é possível selecionar diretamente “Marketplace” e também “Feed de Notícias”. Aí, é garantido que a publicidade seja disponibilizada na plataforma. Depois de definir o orçamento e a programação, clique em “Avançar”.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Aqui, você pode direcionar os seus anúncios para o Facebook Marketplace.

Em seguida, será preciso escolher o formato de seu anúncio. É possível optar, por exemplo, por carrossel, imagem única, vídeo, apresentação multimídia e coleção. Mas vale lembrar que as especificações de vídeo e imagem seguem o padrão do feed de notícias.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Defina o formato do anúncio no Facebook Marketplace.

Quando você terminar de ajustar o anúncio, o Facebook mostrará uma prévia do mesmo. Assim, você consegue verificar se está tudo certo ou se precisa corrigir algo.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

O Facebook te mostrará uma prévia do anúncio. Ou seja, como ele irá aparecer para o público.

Finalize o processo

Por fim, clique em “Confirmar”. Seu anúncio será analisado e, depois de aprovado, aparecerá para pessoas que estão navegando no Marketplace pelo app do Facebook nos dispositivos móveis. Assim, as chances de compra ficam muito maiores, uma vez que há um grande volume de pessoas buscando por produtos na plataforma. Certamente é algo mais assertivo do que uma publicidade comum.

Veja como usar o Facebook Marketplace.

Clique em “Confirmar” e, então, aguarde a aprovação do anúncio. O Facebook manda notificações e e-mails avisando quando isso acontece.

Como vimos, o Facebook Marketplace é uma ferramenta útil para atrair novos consumidores. Pois, comunica com pessoas da sua região que estão navegando em um ambiente criado exclusivamente para compras. Por enquanto, para aproveitar ao máximo a nova funcionalidade, basta criar um anúncio para ser veiculado diretamente na ferramenta.

Veja quais são as possibilidades de canais para vender online!

No entanto, a rede social deve anunciar novidades em breve para expandir as possibilidades de atuação das empresas dentro da plataforma.

O que não pode ser vendido no Facebook Marketplace

A plataforma abriga uma infinidade de produtos, mas nem tudo pode ser comercializado. Saiba aqui quais são as restrições e produtos proibidos:

  • Drogas ilegais, prescritas ou recreativas;
  • Tabaco e produtos relacionados;
  • Suplementos que representem risco à saúde;
  • Armas, munições ou explosivos;
  • Animais;
  • Produtos ou serviços para público adulto;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Itens de saúde;
  • Serviços de jogos de azar valendo dinheiro real;
  • Produtos com posicionamento extremamente sexualizado;
  • Assinaturas ou produtos digitais;
  • Dispositivos que facilite ou incentive a transmissão de conteúdo digital de maneira não autorizada ou promova interferência na funcionalidade de outros dispositivos eletrônicos;
  • Moeda falsa, virtual ou real;
  • Sem fim comercial;
  • Produtos falsificados.

E você, o que achou da possibilidade de incluir anúncios no Facebook Marketplace? É fácil e tem um bom retorno! E se a ideia for focar no mobile, leia aqui como fazer isso da melhor maneira – e alavancar os seus lucros! Inclusive, no Blog Vivo Empresas você terá acesso a mais conteúdos semelhantes. Então, fique sempre de olho por aqui!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio