Qual a relação de cloud computing com blockchain?

É uma relação “ganha-ganha”: a blockchain aumenta sua visibilidade para além do setor financeiro, enquanto os serviços cloud ganham aprimoramentos.

28/08/2019 às 9:00

Podemos dizer que a relação entre essas duas revoluções tecnológicas é um “ganha-ganha”, conforme são chamadas as negociações que todas as partes envolvidas saem ganhando. Neste artigo, você entenderá por que esses dois modelos podem ser interligados e quais são as vantagens para o universo empresarial.

Em outras palavras, enquanto os provedores de cloud computing utilizam a tecnologia para aprimorar questões referentes à segurança e à confidencialidade de suas entregas, a blockchain se apropria do modelo cloud para ganhar uma visibilidade que vai além do setor financeiro.

Afinal, a computação em nuvem tem sido fortemente adotada em todos os ambientes de TI por sua eficiência e redução de custo. Prova disso é que, segundo a projeção feita pela GlobalData, em 2021 o serviço em cloud será utilizado por cerca de 94% das empresas brasileiras.

Blockchain: entenda e saiba usar em seu negócio

Para compreender melhor as aplicações dessa correlação que, em um primeiro momento, parece inusitada, confira a lista abaixo. Nela, listamos três benefícios da implementação do blockchain na infraestrutura em nuvem.

Benefícios do blockchain no cloud computing

Invulnerabilidade

A tecnologia blockchain aplicada ao cloud computing eleva os níveis de segurança desse modelo de armazenamento. Portanto, além de ser econômico e versátil, começa a ser reconhecido por ser invulnerável.

Ou seja, se intrusos tentarem invadir, primeiro obtêm dados criptografados e, em seguida, obtêm apenas uma parte dos dados e não o arquivo inteiro.

Ilustração com aspecto futurista, com um cadeado transparente em frente a um fundo azul. Representa a segurança do blockchain no cloud computing
A tecnologia blockchain aplicada ao cloud computing eleva os níveis de segurança desse modelo de armazenamento. Imagem: Ledger.

Isso porque os dados/informações do usuário ou da empresa são divididos em pequenos blocos, com uma camada adicional de segurança, e são distribuídos pela rede. Em outras palavras, não ficam centralizados, tampouco unificados.

No entanto, a lógica da descentralização não é a única característica provinda da tecnologia blockchain. Ou seja, é aplicada também a função hash, que vai transformar uma grande quantia de informações em uma sequência de números, criptografia de chave pública-privada e ledgers de transação.

Confidencialidade

O segundo benefício possui relação com a confidencialidade do proprietário, visto que os “nós” — computadores da rede — não armazenam os dados do proprietário do arquivo, dado ou informação, e o minerador — responsável por transmitir e adicionar novos blocos na rede — recebe apenas um pedaço de dados. Portanto, todas as informações confidenciais são protegidas e asseguradas.

Acesso rápido à rede

Aliás, outra característica do cloud computing com blockchain é o acesso rápido à rede. A redundância de dados e os mecanismos de balanceamento de carga. Ou seja, o mecanismo de dividir o processamento entre dois ou mais servidores, são os aspectos que garantem essa agilidade.

Portanto, sempre que um usuário tenta buscar por alguma informação, todos os blocos são validados primeiro. Feito isso, se alguma alteração for encontrada em determinado bloco, o minerador que alterou aquele bloco é removido da rede. Por fim, a parte alterada é retirada de outra cópia redundante.

Se alguma alteração for encontrada em determinado bloco, o minerador que alterou aquele bloco é removido da rede. Imagem: divulgação.

Em suma, um armazenamento em nuvem com blockchain pode ser sintetizado como um banco de dados gerenciável e absolutamente seguro. Além disso, é um banco que mantém registro de todas as transações digitais realizadas. E, convenhamos, tanto setores de empresas como instituições públicas podem se apropriar disso.

E no futuro?

Sobre o futuro da tecnologia aplicada ao armazenamento em nuvem, a expectativa de especialistas é que vários provedores de cloud computing migrem para essa tecnologia. Inclusive, o portfólio variado de produtos e serviços em cloud da Vivo Empresas, que possuem base para blockchain, valida essa previsão.

Conheça a lista completa de serviços da Vivo Cloud.

Diante disso, não é difícil imaginar um futuro onde informações confidenciais serão armazenadas em celulares pessoais. De modo que a informação será fragmentada em dispositivos próximos geograficamente. Além de possibilitar acesso seguro, rápido e de baixo custo.

Smartphone em primeiro plano, na horizontal. Da tela, saem conexões com numerais que representam a tecnologia blockchain. O fundo é azul e preto.

Não é difícil imaginar um futuro onde informações confidenciais serão armazenadas em celulares pessoais. Imagem: Nasdaq

Já que estamos falando em futuro, você já leu sobre computação pós-nuvem? Então, esse modelo está ganhando atenção pela redução dos custos de transmissão de dados. Aliás, confira outras informações no texto Edge Computing: entenda a computação pós-nuvem. E continue conosco por aqui para mais informações que aliam o universo tecnológico ao seu negócio!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio