Canais de venda: onde vender seus produtos online?

Quais canais de venda são os ideais para a sua marca? Pensar nisso pode ser o diferencial da sua empresa frente à concorrência. Veja essas dicas.

30/11/2018 às 10:30

Você tem uma micro ou pequena empresa e deseja vender os seus produtos na internet? Apesar do forte crescimento do setor no país nos últimos anos, nem todo o e-commerce tem a vida garantida. Desse modo, é preciso escolher bem quais serão os canais de venda nos quais você se fará presente.

O que são canais de venda?

Canais de venda são os meios utilizados pelas empresas para vender seus produtos ou serviços. No comércio tradicional, são os pontos de venda. Ou seja, as lojas, como supermercados, quiosques ou postos de gasolina.

No entanto, a importância de saber escolher o melhor canal de vendas para o seu negócio ganhou ainda mais peso no comércio eletrônico. Isso porque ele possibilita múltiplas escolhas, cada uma delas com suas especificidades, vantagens e desvantagens.

Canais de venda: onde vender seus produtos online?

A escolha dos canais de venda adequados é essencial para que a empresa tenha sucesso no comércio eletrônico.

4 tipos de canais de venda

1. Loja virtual

O canal de vendas online mais óbvio de todos para uma empresa é abrir a própria loja virtual. Atualmente, nem é necessário contratar alguém ou ter conhecimento de programação para montar um e-commerce. Isso porque pois existem plataformas que já fornecem toda a estrutura pronta, como o Shopify, por exemplo.

2. Redes sociais

No entanto, se o seu público está todo nas redes sociais, você pode pular a etapa de criar o site próprio e vender diretamente na redes. Desse modo, pode usar em plataformas que dispõe dessa ferramenta, como Facebook e Instagram.

3. Blogs

Sim, os blogs continuam sendo muito acessados. Além disso, são fáceis de personalizar e com ferramentas grátis que permitem que você monte sua loja online sem precisar investir muito. E de forma simples.

4. Marketplaces

Uma opção para quem não sabe como atrair público para o próprio site ou para a fanpage e não tem muito para investir. Este é o marketplace, que possibilita você vender em grandes plataformas de varejo, como Mercado Livre, OLX, etc.

A grande vantagem desse meio é que seus produtos ficam disponíveis em espaços visualizados por uma quantidade muito superior de pessoas se comparado com o que você alcançaria sozinho. No entanto, a desvantagem é que você não terá um espaço personalizado. Desse modo, não poderá desenvolver uma identidade de marca e não terá o controle sobre as ferramentas de suporte ao consumidor. Além disso, terá de pagar uma comissão ao serviço.

Como acessar os grandes canais de venda

Há ainda uma quinta opção de canal de vendas, que são os sites das grandes empresas varejistas. Estamos falando de sites como Americanas, Submarino, Walmart, etc. No entanto, o problema dessas plataformas é que, até pouco tempo, era difícil para quem vendia fazer o gerenciamento de sua loja.

Eis que, para resolver este problema e facilitar a conexão de micro e pequenos empreendedores com os grandes varejistas, surgiram plataformas como a Olist, criada em 2015. Através de um cadastro e de uma mensalidade fixa, a empresa ganha o direito de registrar seus produtos nesses canais de vendas.

Uma vez os registros aprovados, o pequeno empreendedor passa a vender nessas grandes plataformas em troca de 15% a 20% do valor da venda. Além disso, podendo contar com uma ferramenta que permite fazer o gerenciamento adequado dos produtos.

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio