Big Data: veja como usá-lo a favor do seu negócio

O conceito garante aumento nas vendas, correção de problemas e decisões cada vez mais assertivas baseadas em dados, entre outros fatores. Saiba como funciona!

11/09/2019 às 9:00
  • Big Data é a capacidade de capturar, guardar, processar e analisar grandes quantidades de dados.
  • De acordo com a consultoria Gartner Group, o mundo gera 2,2 milhões de terabytes por dia.
  • Adotar e integrar o software de CRM com o ERP ajuda no processamento de dados.
  • Conheça a plataforma de Big Data chamada LUCA.

Inscrições em sites, uso do celular em geral, geolocalização e hábitos de acesso à internet, entre outros. Tudo isso são dados, que após estruturados e analisados geram informações. E com tantas pessoas usando smartphones diariamente, por exemplo, esse volume de dados passa a ser muito valioso, sobretudo para as empresas. Isso se chama Big Data. Tal termo define a capacidade de capturar, guardar, processar e analisar grandes quantidades de dados.

Usar o volume de dados a favor da empresa é essencial. Isso é Big Data.
Usar o volume de dados a favor da empresa é essencial. Isso é Big Data.

De acordo com a consultoria norte-americana Gartner Group, o mundo gera 2,2 milhões de terabytes de dados por dia. Ou seja, é muita informação sendo criada segundo a segundo.

O estudo dessas informações é importante, pois se torna capaz de pautar decisões, guiar rumos, alterar rotas, motivar a criação de ações estratégicas e ainda gerar insights riquíssimos para a empresa.

Para se ter uma ideia, a consultoria norte-americana McKinsey fez uma pesquisa e detectou que 15% do aumento da margem de lucro se deve ao Big Data (e aos bons profissionais que fazem a análise de dados).

No dia a dia

Vamos pensar em um exemplo prático: você tem uma loja online e deseja abrir um espaço físico. No entanto, não sabe muito bem qual ponto da cidade é a melhor opção. A análise dos dados pode te ajudar nessa decisão.

Com base nas informações geradas a partir da georreferenciação dos celulares, por exemplo, é possível detectar a quantidade de pessoas que passam em determinados bairros, quais são os hábitos delas, qual é o perfil, se são homens ou mulheres e muito mais.

Esse tipo de dado pode ser gerado por empresas de telefonia, respeitando a privacidade dos clientes (mostramos, a seguir, como a Vivo Empresas faz esse trabalho).

Entenda o que é big data e como usá-lo no seu negócio.
A análise dos dados é essencial para entender o mercado e o comportamento do cliente.

O procedimento de análise, processamento e decodificação dos dados é importante para empresas de todas as áreas e segmentos. Quer saber quais são os usos do Big Data no seu negócio? Te contamos tudo a seguir.

Características do Big Data

Em resumo, o Big Data está relacionado a quatro características específicas: volume, velocidade, variedade e veracidade. O volume é a quantidade de informações obtidas. Já a velocidade diz respeito ao tempo, uma vez que os dados circulam com muita rapidez nas redes sociais, e-mails, notícias, entre outros meios.

O tópico variedade tem relação com o tipo de informação, pois tudo gera dados, como comportamento, hábitos de entretenimento e cuidados de saúde, entre outros. Por fim, temos a veracidade: os dados precisam ser verdadeiros. De nada adianta usar materiais que não são verídicos. Por isso, é preciso confirmar as informações que serão utilizadas.

Veja o que é Big Data e como usá-lo no seu negócio.
Algumas características são essenciais para garantir que os dados sejam realmente efetivos.

Big Data na prática

Analisar os dados não é um processo simples. Isso porque para ter resultados mais concretos é importante, além de verificar números, cruzar as informações. Você pode correlacionar estatísticas, hábitos de consumo e outros dados importantes para obter os resultados desejados.

Mas e como usar esse volume de dados de maneira efetiva para obter ganhos na empresa? Essa é a dúvida de muitos empreendedores e gestores.

O primeiro passo é levantar algumas questões que você gostaria de responder com o Big Data. Alguns exemplos abaixo:

  • Em qual local devo abrir meu ponto de venda?
  • Preciso entender o perfil do meu consumidor para vender mais.
  • Como posso melhorar a conversão de vendas para cada segmento de clientes e categoria de produtos?

Especifique as fontes

A segunda etapa é entender quais serão as suas fontes de dados. Ou seja, de quais formas conseguirá levantar os dados importantes. Empresas de telefonia, por exemplo, podem atuar nesse segmento. Afinal, todo celular é capaz de emitir e receber sinais das antenas quando estão em uso.

Essas movimentações são georreferenciadas. Ou seja, o sistema da operadora consegue extrair as informações de acordo com a localização das pessoas e oferecer os dados para o uso de outras empresas.

Entenda o que é Big Data e como usá-lo no seu negócio.
É preciso escolher as ferramentas adequadas para ter acesso a um volume de dados funcional para a empresa.

Por fim, não esqueça de avaliar também resultados das pesquisas de mercado que são divulgadas com frequência. Tudo isso é importante para analisar o comportamento do cliente em relação às possibilidades que existem atualmente no setor que você atua.

Quando chegar à fase de tratamento dos dados, nunca faça esse processo individualmente. É fundamental avaliar o volume de informações como um todo. Dessa forma, você terá uma visão macro do setor, o que irá contribuir efetivamente para a sua estratégia.

Entenda o que é big data e como usá-lo no seu negócio.
É essencial otimizar o processamento dos dados.

O que o Big Data garante ao seu negócio?

Uma série de benefícios. Afinal, analisar os dados é uma forma de entender o comportamento do cliente e o que você tem feito para garantir que ele fique satisfeito. Veja, a seguir, as principais vantagens de se preocupar com as informações produzidas no ambiente digital:

  • Grande quantidade de dados em pouco tempo.
  • Economia de tempo e de recursos, uma vez que você irá oferecer soluções cada vez mais customizadas.
  • Novas oportunidades de negócio, sobretudo se observar as tendências de mercado.
  • Produtos e soluções desenvolvidas de uma maneira muito mais assertiva.

Solução em Big Data

Aliás, como já comentamos, tem muita gente utilizando o celular (de acordo com o IBGE, 92% dos brasileiros, para sermos mais exatos). E a Vivo atende boa parte desse público. Para se ter uma ideia, a telecom tem 74 milhões de clientes em 4 mil municípios do país. Mas o que isso tem a ver com o conceito de Big Data? Muita coisa.

Em seguida, os dados são anonimizados. Isso quer dizer que as informações pessoais são excluídas e não poderão ser acessadas novamente. O que fica são os indicadores. Tais números possibilitam diferentes conclusões sobre a população, informações que podem ser utilizadas em prol das empresas de diferentes áreas.

Aproveite para ver como funciona a Lei de Proteção de Dados e como ela pode afetar o seu negócio.

Dados valiosos para as empresas

Sendo assim, a rede móvel da Vivo consegue oferecer um material valioso, com informações de comportamento, detalhes da rotina e muito mais. Tal solução chama-se LUCA e atua em diferentes áreas.

Trata-se da plataforma de Big Data de Vivo Empresas voltada para clientes que precisam entender e embasar algumas decisões. Por exemplo: a solução dará insumos para o empresário entender qual é o melhor ponto para instalar seus ponto de venda ou então conhecer o perfil dos consumidores que circulam perto do seu estabelecimento.

Além disso, há muitas outras funções, que são personalizadas de acordo com o tipo de negócio. Veja as possibilidades:

  • LUCA Transit: favorece a mobilidade urbana, uma vez que oferece informações sobre os hábitos de deslocamento. É capaz de detectar, por exemplo, em qual dia e horário da semana as pessoas costumam se deslocar com maior frequência.
  • LUCA Tourism: fornece insights sobre o comportamento dos turistas, com base em hábitos de compra, destinos de maior procura, sexo, idade, nível financeiro e tempo de permanência nos locais, entre outros.
Entenda o que é Big Data e como usá-la no seu negócio.
Uma das soluções da plataforma LUCA.
  • LUCA Store: estuda o comportamento e o perfil dos clientes por meio de dados como volume de acessos por período, hábitos de compra, duração da visita no site, perfil e procedência, entre outros.
  • LUCA Audience: oferece insights valiosos para o cálculo de métricas de audiência. Ou seja, a solução entrega análises por volume de usuários, previsão de tendências e segmentação sociodemográfica, entre outras variáveis. A partir disso, sugere o envio de mensagens com o menor custo e o maior alcance.

Tome a decisão certa e na hora certa

E aí, o que achou da solução de Vivo Empresas? Para saber mais sobre cada uma das plataformas, acesse essa página.

Com certeza você terá uma visão muito mais ampla do mercado e ainda poderá tomar decisões assertivas. Falando nisso, aproveite para ler também o que é Business Intelligence e como usar o conceito no dia a dia.

Aliás, outra leitura relacionada (e importante para o empresário) é sobre quem irá trabalhar com esses dados dentro da sua empresa. Por isso, é cada vez mais inteligente ter um cientista de dados dentro do time de TI. Como fazer isso? Te contamos aqui.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
InternetTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio