Anúncio no Google: 4 erros que você deve evitar

Veja aqui quais são os erros mais comuns ao criar um anúncio no Google e também as soluções para corrigi-los.

28/10/2019 às 9:00

Fazer um anúncio no Google é uma boa opção para atrair mais compradores. No entanto, é preciso ter atenção a diversos pontos para garantir uma boa taxa de conversão. Neste artigo você conhecerá os erros mais comuns e como evitá-los!

Você sabe como criar um bom anúncio no Google? Ou ainda quais erros deve evitar em um anúncio? Não se preocupe se a resposta for negativa. Estamos aqui para te mostrar o melhor caminho. Até porque diferentes erros podem ser cometidos no processo de criação da publicidade.

Anúncio no Google: logotipo do Google Ads
Saiba aqui como anunciar no Google Ads para conseguir os melhores resultados.

Tais enganos podem impactar o desempenho da sua propaganda. Por isso, é fundamental redobrar a atenção quando for criar uma campanha. Vejam a seguir, as principais dicas.

Erros ao fazer um anúncio no Google: o que evitar?

4 – Não fazer um planejamento

Um dos erros mais comuns é fazer campanhas sem antes pensar nos pontos importantes. Como por exemplo, qual público deseja atingir, quais são os objetivos daquele anúncio, qual será o valor investido no total e por quanto tempo é mais recomendado que ele veicule. Ou seja, todas essas informações devem estar no planejamento.

Anúncio no Google: mulher escrevendo e dois computadores ao lado.
Fazer um planejamento é essencial para alcançar os resultados.

Não fazê-lo é um erro grave. Com todas as metas e objetivos traçados, você consegue acompanhar os resultados e até mesmo mudar de estratégia, se for preciso. Assim, tem-se um controle maior de toda a campanha. Até porque se você não definiu objetivos reais, dificilmente vai fazer as melhores escolhas na plataforma.

Inclusive, a primeira tela quando você vai montar uma campanha no Google Ads pede justamente qual é a sua principal meta de publicidade (imagem abaixo). Por isso, é fundamental ter essas respostas bem definidas.

Anúncio no Google: print da tela do Google Ads.
É preciso ter as metas bem definidas antes de começar a anunciar na plataforma.

Lembre-se: o Google Ads não fará todo o trabalho sozinho. Portanto, é preciso ter um planejamento bem estruturado por trás disso.

3 – Escolher a palavra-chave errada

Um dos principais pontos de atenção é a escolha da palavra-chave do seu anúncio no Google. Muitas pessoas optam por termos que acreditam ser os mais indicados para alcançar clientes. No entanto, essa etapa não pode ser feita no “achismo”. É necessário incluir as palavras que os usuários estão realmente procurando. Mas como fazer isso?

Há ferramentas que te ajudam a mapear as palavras mais adequadas para o serviço ou produtos que deseja vender. Duas das mais utilizadas são o Google Keyword Planner, que é gratuito e tem um alto nível de confiabilidade, e o SEMrush, uma solução paga, porém bastante completa. Tais plataformas te ajudam a encontrar os termos que estão sendo mais buscados naquele momento.

Anúncio no Google: print da tela da plataforma SEMrush.
Ferramenta de pesquisa de palavra-chave do SEMrush.

Em suma, você consegue escolher a palavra-chave de acordo com aquilo que o público que você deseja atingir realmente busca. Ou seja, as chances de entregar o conteúdo que ele precisa são maiores. Resultado: conversão de vendas na certa!

2 – Fazer apenas o mesmo anúncio

Um dos erros mais recorrentes é fazer sempre o mesmo anúncio, voltado para o mesmo público e com o mesmo conteúdo. Isso não é nada bom. E o motivo é simples: o Google Ads te permite fazer vários testes dentro de uma mesma campanha. Você pode variar o público e o conteúdo. Portanto, consegue analisar qual tem uma performance melhor.

Anuncio do Google: letras que, juntas, formam Google Adwords.
É essencial criar variações do anúncio para ver qual tem uma performance melhor.

A partir dos resultados, pode destinar uma verba maior àquele que teve um retorno melhor. Daí a importância de mensurar e analisar os números sempre. Portanto, de nada adianta criar os anúncios e deixá-los lá, rodando, sem verificar os dados. Você pode extrair muita coisa positiva que vai deixar seus anúncios ainda melhores.

1 – Fazer anúncios voltados apenas ao fundo de funil

Na linguagem de marketing, a expressão “fundo de funil” significa que você já conseguiu avançar alguns estágio e o seu cliente em potencial está envolvido com a marca. Por isso, se encontra muito mais perto de “fechar o negócio”. A partir disso, um dos erros mais comuns ao criar um anúncio no Google é pensar em campanhas apenas para esse público ou objetivo.

Ou seja, se o usuário ainda não está envolvido, certamente verá aquele anúncio e nada fará com ele, fazendo com que o investimento seja em vão. Daí a importância de criar anúncios para as diferentes etapas do funil de vendas. Isto é, que mostra toda a jornada feita pelo cliente até a compra. Veja quais são as fases:

  • Topo de funil: quando o visitante ainda não sabe ou não tem certeza que tem um problema a ser resolvido. Aí, a solução é oferecer conteúdos que o façam ter a certeza disso.
  • Meio de funil: pessoas que já estão em busca de resolver alguma questão. Nesse caso, você precisa oferecer dados mais técnicos e informações com um nível de aprofundamento maior.
  • Fundo de funil: o usuário está pronto para ser abordado pela equipe de vendas. Ou seja, tem consciência do que precisa e quando.
Letras que formam a palavra Adwords
Analise todas as etapas do funil.

Vamos colocar em prática!

E aí, o que achou das dicas? É essencial segui-las para construir um bom anúncio no Google e alcançar conversões. Aliás, já que estamos falando sobre publicidade, outros canais muito eficientes são as redes sociais. Inclusive, fizemos um artigo recente sobre como usar as redes sociais para impulsionar as vendas do seu negócio. Clique aqui para conferir!

Portanto, aproveite também para conhecer o Vivo Ads e todos os benefícios de anunciar na plataforma! No mais, continue conosco por aqui parta ter acesso a mais conteúdos como esses!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
Gestãovendas
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio